Publicidade

Correio Braziliense

Festival de Cannes bane selfies e cancela sessão exclusiva para críticos

Nova política do festival para edição deste ano causou controvérsias


postado em 23/03/2018 17:50 / atualizado em 23/03/2018 17:50

As populares selfies estão com os dias contados em Cannes(foto: Reprodução/Internet)
As populares selfies estão com os dias contados em Cannes (foto: Reprodução/Internet)


Uma nova política de protocolos para a realização da 71ª edição do Festival de Cannes, na França, causou polêmica. De acordo com o diretor do evento – que ocorrerá em 8 de maio –, Thierry Fremaux, a partir da edição deste ano estariam proibidos selfies dos atores e equipe técnicas no tapete vermelho, e os críticos e jornalistas precisarão julgar os filmes assistindo a sessão junto com o elenco e público na única exibição dos filmes.

O festival conhecido pelo grande rigor dos críticos, que facilmente podem ditar o sucesso ou fracasso, das produções que rodarão o mundo nos próximos eventos ao longo do ano. A nova medida de cancelar a exibição exclusiva a jornalistas e críticos se encaixa neste contexto. 

As sessões de julgamento eram realizadas pela manhã e a exibição ao público pela noite, agora, só haverá a exibição da noite. O cancelamento de uma das sessões funciona para que não ocorra críticas negativas antecipadas, afugentando o público para determinada sessão. De acordo com Fremaux, em entrevista ao jornal francês Le Film Francais, a medida vai “reabrir a atratividade e glamour do evento” e que “o suspense será total”. 

Já o banimento das selfies no tapete vermelho não contextualizam grandes mudanças. Fremaux já tentou afastá-las do evento na edição de 2017, e agora conseguiu o banimento. O objetivo é que as estrelas dos filmes não parem muito tempo no tapete vermelho para registrar as fotos de perfis. “Na entrada do evento, a ação de andar devagar por conta das selfies diminuem a qualidade da experiência do festival como um todo”, defendeu Fremaux.

Entretanto, de acordo com o regulamento oficial do evento, não existe proibições ao porte de celulares, o que não deixa claro como o banimento específico as selfies será fiscalizado.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade