Publicidade

Correio Braziliense

Mercedes Urquiza lança livro sobre construção da capital

O livro 'A trilha do Jaguar: Na Alvorada de Brasília' será lançado em abril no Ministério da Justiça


postado em 26/03/2018 10:00 / atualizado em 26/03/2018 10:18

Mercedes Urquiza veio com 18 anos da Argentina para participar da construção da nova capital(foto: Gilberto Evangelista/Divulgação)
Mercedes Urquiza veio com 18 anos da Argentina para participar da construção da nova capital (foto: Gilberto Evangelista/Divulgação)

 
O livro A Trilha do Jaguar: Na Alvorada de Brasília, da editora Senac, será lançado em 11 de abril, no Salão Negro do Ministério da Justiça. A obra conta a história de Brasília pela pespectiva de Mercedes Urquiza e dispõe de diversas fotografias da construção da cidade extraídas da coleção particular da argentina. Os registros estão distribuídos nos 30 capítulos que compõem as 250 páginas do livro.

Acompanhada do marido, Hugo Maschwitz, então com 18 anos, e de um pastor alemão, Mercedes, aos 18 anos, abandonou a vida de conforto em Buenos Aires para participar da construção da nova capital brasileira. 

A trilha do Jaguar: Na Alvorada de Brasília explora a aventura dos jovens que durou 48 dias. No começo, o casal viveu em um barraco de madeira sem energia elétrica, água quente e telefone no Núcleo Bandeirante — conhecido como Cidade Livre, na época. 

Em 1962, Mercedes fundou a primeira agência de viagens de Brasília, no recém-inaugurado Hotel Nacional. “Vim incentivada pelo sonho visionário de JK e participei de todas as atividades pioneiras com os recém-chegados desbravadores de todo o país”, conta em nota da editora. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade