Publicidade

Correio Braziliense

Filha de João Gilberto pede à Justiça para arrombar o apartamento do pai

Medida seria para a proteção do cantor que não abre mais a porta do imóvel


postado em 29/03/2018 11:52 / atualizado em 29/03/2018 11:52

O músico de 86 anos é um dos pioneiros da Bossa Nova(foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
O músico de 86 anos é um dos pioneiros da Bossa Nova (foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
 

 

Segundo o colunista Lauro Jardim do jornal O Globo, a cantora Bebel Gilberto pediu à Justiça o arrombamento da porta do apartamento do pai, João Gilberto, no Rio de Janeiro. A medida faz parte da interdição do cantor pedida pela filha e decretada no final do ano passado.

 

De acordo com as informações, o pioneiro da Bossa Nova não abre mais a porta do apartamento e estaria vivendo em condições precárias. A iniciativa da filha seria para a proteção do músico de 86 anos que vive sozinho no Leblon e está com a saúde fragilizada. 

 

Com isso, o juiz Renato Lima Charnaux Sertã, da 5ª Vara de Orfãos e Sucessões do Rio de Janeiro, determinou que o apartamento do cantor e compositor seja arrombado na presença da filha e de um médico de confiança da cantora. Segundo a Justiça, Bebel será responsável pelas providências que poderão ser adotadas caso seja necessário remover o músico do apartamento para o hospital. A ação de arrombamento pode ser realizada a qualquer momento.

 

 

O conflito

João Gilberto vive uma triste história judicial. Os filhos mais velhos do cantor, João Marcelo e Bebel Gilberto, estão na Justiça contra a companheira do cantor, Claudia Faissol, acusando-a de má administração dos negócios do músico. Para João Marcelo, Claudia se aproveitou de uma pessoa idosa para ganhar dinheiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade