Publicidade

Correio Braziliense

Mike Shinoda fala sobre o futuro da banda Linkin Park

Para ele, o futuro do grupo ainda é incerto


postado em 04/04/2018 09:30 / atualizado em 04/04/2018 09:32

Mike Shinoda está tocando a carreira solo, mas ainda se sente perdido(foto: AFP PHOTO/Robyn BECK)
Mike Shinoda está tocando a carreira solo, mas ainda se sente perdido (foto: AFP PHOTO/Robyn BECK)

Quase oito meses depois da morte do ex-vocalista do Linkin Park, Chester Bennington, com apenas 41 anos, Mike Shinoda, um dos integrantes da banda anunciou o lançamento do primeiro álbum da carreira solo, Post traumatic.

Então, os fãs se perguntaram sobre a continuidade do grupo. Em entrevista ao portal americano Vulture, Mike Shinoda afimou: "Eu não sei dizer o que vai acontecer com a banda. Não há realmente nenhuma resposta, e é engraçado porque se eu disser alguma coisa sobre o futuro da banda, isso se torna a manchete, o que é estúpido porque a resposta é que não há resposta. Os fãs pensam que querem saber qual será o futuro: Acredite, quero saber qual é a resposta. Mas não há. O que eu sei é que, no futuro imediato, essa coisa que estou fazendo não poderia ser mais importante para mim pessoalmente. Eu coloquei tudo no material que estou fazendo - não em uma forma de fazer um álbum legal para as pessoas comprarem -, mas eu realmente fiz o meu melhor para contar a minha história."

 

Na mesma conversa, Shinoda falou sobre as emoções que vêm sentindo e deu ênfase principalmente a estar perdido. "Qualquer pessoa que já tenha perdido alguém querido sabe que o que você está tentando fazer é encontrar o 'novo normal'. Você está tentando obter o equilíbrio. Eu não acho que há uma linha de chegada definitiva para isso. A parte interessante sobre isso é que há um suspense sobre o que vem a seguir. Ser capaz de fazer as coisas sozinho sem ter ninguém para verificar, eu posso apenas dizer: 'Ah, eu tenho um álbum a caminho'. Vou colocá-lo no meu Instagram e meu Twitter e decido se agora é a Hora. De certo modo, é libertador. Para mim, esta é uma maneira de sentir um pouco de paz."

 

Em outubro do ano passado, os membros da banda fizeram um show único em homenagem a Bennington, que foi realizado no Hollywood Bowl e teve participação especial de outros artistas como Blink-182, Korn’s Jonathan Davis e Machine Gun Kelly. Em maio do mesmo ano, haviam lançado o álbum One more light

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade