Publicidade

Correio Braziliense

Adaptação de conto de Neil Gaiman ganha trailer inédito; confira

O longa é uma adaptação da HQ 'Como falar com garotas em festas' publicado no Brasil em uma parceria do escritor com os brasileiros Gabriel Bá e Fábio Moon


postado em 04/04/2018 12:00 / atualizado em 04/04/2018 12:01

Elle Fanning (à direita) e Alex Sharp (à esquerda) são os protagonistas da trama(foto: Reprodução/Internet)
Elle Fanning (à direita) e Alex Sharp (à esquerda) são os protagonistas da trama (foto: Reprodução/Internet)

 

Trailer inédito do filme How to talk to girls at parties foi divulgado na terça-feira (3/4). O longa-metragem é baseado em um conto do escritor britânico Neil Gaiman, publicado no Brasil como quadrinho com o nome Como falar com garotas em festas

 

O longa se passa nos anos 1970 e conta a história de um adolescente londrinho punk que se apaixona por uma alienígena que se perde no universo e acaba parando na Terra.

 

John Cameron Mitchell é o diretor responsável pela trama. Além disso, o filme conta com Nicole Kidman, Elle Fanning e Alex Sharp no elenco. How to talk to girls at parties está sendo exibido em festivais pelo mundo e ainda não tem uma previsão de estreia nos cinemas brasileiros.

 

A parceria

 

Como falar com garotas em festas foi transformado em quadrinho nas mãos dos gêmeos brasileiros Gabriel Bá e Fábio Moon em parceria com Gaiman. A HQ foi publicada em 2017 pela editora Dark Horse Books.

 

"Quando fazemos uma adaptação, procuramos manter o que gostamos mais do original, que tem a ver com a maneira como o Neil Gaiman usa as palavras, a cadência das frases, o ritmo do diálogo, e então procuramos usar as ferramentas das HQs para contar essa história da melhor maneira possível visualmente", revelou Gabriel Bá em entrevista ao Correio em setembro do ano passado.

 

Gabriel Bá e Fábio Moon são quadrinistas respeitados no mundo das HQs. Além da parceria com Gaiman, os brasileiros são responsáveis pelos quadrinhos Daytripper e Dois irmãos, sendo também vencedores do Prêmio Eisner, o Oscar das tirinhas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade