Publicidade

Correio Braziliense

Doodle do Google presta homenagem a Maya Angelou, famosa poeta americana

A escritora também foi ativista pela igualdade racial e trabalhou ao lado de Martin Luther King e Malcom X


postado em 04/04/2018 13:40 / atualizado em 04/04/2018 13:46

Maya Angelou foi uma poeta famosa e muito admirada no meio artístico norte-americano(foto: Reprodução/Internet)
Maya Angelou foi uma poeta famosa e muito admirada no meio artístico norte-americano (foto: Reprodução/Internet)

 

Nesta quarta (4/4), o doodle do Google faz uma homenagem à norte-americana Maya Angelou que nasceu em 4 de abril de 1928. A data marca o 90º aniversário da escritora que morreu em 2014 aos 86 anos.

 

No doodle é possível ouvir a própria escritora recitando o poema And still I rise junto às vozes de Alicia Keys, America Ferrera, Martina BcBride, Guy Johnson, Laverne Cox e Oprah Winfrey. O texto busca mostrar a força do povo negro contra o preconceito racial.

 

Maya Angelou é considerada por Oprah Winfrey uma mentora(foto: JOHN GRESS)
Maya Angelou é considerada por Oprah Winfrey uma mentora (foto: JOHN GRESS)
 

 

Angelou

Maya Angelou não foi somente escritora, ela também trabalhou como cantora, dançarina, atriz, dramaturga e compositora.

 

Em 1993, durante a posse do presidente Bill Clinton, Angelou recitou um de seus poemas (On the pulse of morning) ganhando com isso o Grammy de melhor texto recitado em leitura. Além disso, em 2010, recebeu das mãos de Barack Obama a mais alta condecoração civil americana, a Presidential Medal of Freedom.

 

Entre os artistas que a admiram estão Oprah Winfrey, Kanye West, Fiona Apple e Steven Tyler.

 

Maya Angelou se emociona ao receber a alta condecoração de Barack Obama, primeiro presidente negro dos EUA(foto: LARRY DOWNING)
Maya Angelou se emociona ao receber a alta condecoração de Barack Obama, primeiro presidente negro dos EUA (foto: LARRY DOWNING)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade