Publicidade

Correio Braziliense

Globo lança supersérie Onde nascem os fortes em evento no sertão paraibano

'Onde nascem os fortes' tem estreia marcada para dia 23 e traz Alexandre Nero, Patrícia Pillar e Alice Wegmann como protagonistas


postado em 10/04/2018 10:32

(foto: Estevam Avellar/Divulgação)
(foto: Estevam Avellar/Divulgação)

Boa Vista, Paraíba - A partir de 23 de abril, a Globo lança a programação deste ano para a chamada linha de shows, ocupada até agora pelo Big brother Brasil. Uma das principais novidades é a supersérie Onde nascem os fortes, escrita por George Moura e Sérgio Goldenberg e dirigida por José Luiz Villamarim, a mesma equipe à frente dos sucessos O rebu, Amores roubados e O canto da sereia.

Em evento realizado nesta segunda-feira (10/4), Villamarim apresentou o projeto à imprensa no ambiente que serve como cenário para a produção: o sertão paraibano, que, nas palavras de Villamarim, é “personagem importante” da série.

(foto: João Miguel Junior/Divulgação)
(foto: João Miguel Junior/Divulgação)


Após a apresentação de toda a equipe -  “ninguém faz televisão sozinho “, disse -, Villamarim citou o elenco ali presente. O veterano José Dumont e os jovens Alice Wegmann e Jesuíta Barbosa foram os mais aplaudidos pelos colegas. Depois de um clipe, uma emocionada Patrícia Pillar fez questão de abraçar Jesuíta e de elogiar Alice, que será filha dela na trama. “É muito importante pra mim essa troca e muito impressionante o amadurecimento de Alice como atriz”, afirmou Patrícia, que, na trama será Cássia, mãe de Maria e de Nonato (Marco Pigossi).

Desde que foi escalada para Onde nascem os fortes, Alice percebeu que a cobrança em cima dela ia ser grande. “Dá um certo medo, sim. Mas não penso muito nisso. É a personagem da minha vida”, reconhece Alice. 

A atriz conta que estava escalada para ser a Ema de Orgulho e paixão quando, numa sexta-feira, recebeu uma ligação de Villamarim a chamando para ir para o sertão na semana seguinte. Só deu tempo de cortar o cabelo, mudança que ela queria há muito tempo. “Li o texto no avião e fiquei muito impactada”, conta.

Maria tem uma parada dura e doída pela frente: Nonato some após uma briga com o poderoso empresário Pedro Gouveia (Alexandre Nero), fato que movimenta o eixo principal de Onde nascem os fortes

(foto: João Miguel Junior/Divulgação)
(foto: João Miguel Junior/Divulgação)


“Pedro é um tipo de personagem que me seduz. Não é linear e não se revela por inteiro ao primeiro olhar. Ele vai ter compaixão por Cássia por também ser pai, mas terá raiva de Maria por ela o enfrentar. Ele não está acostumado a ser enfrentado”, define Alexandre.

O ator Fábio Assunção vive o juiz Ramiro, pai de Ramirinho (Jesuíta Barbosa) e inimigo há anos de Pedro. Fábio contou que está empolgado com o projeto e que ficou encantado com Jesuíta. “Meu personagem é amargurado, mas tem amor. Ele é meio Nelson Rodrigues “, diz.

Onde nascem os fortes vai ao ar segunda, após a novela O outro lado do paraíso e terça, quinta e sexta, depois da primeira linha de shows da emissora, por volta das 23h. Na época da Copa do Mundo o horário deverá sofrer alterações, passando a ser de segunda a sexta, depois da novela. A produção terá 53 capítulos.

O repórter viajou a convite da TV Globo

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade