Publicidade

Correio Braziliense

Ralph Woolsey, diretor de fotografia, morre aos 104 anos

O trabalho de Woolsey na série original 'Batman' foi um dos mais marcantes da carreira


postado em 11/04/2018 09:50 / atualizado em 11/04/2018 09:57

(foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)

 
O diretor de fotografia Ralph Woolsey, conhecido pelo trabalho na série original Batman, morreu, aos 104 anos. O falecimento do diretor ocorreu em 23 de março, em Woodland Hills, na Califórnia, Estados Unidos. Entretanto, o anúncio do óbito, feito pela Sociedade Americana de Diretores de Fotografia, ocorreu apenas na terça-feira (10/4). Woolsey morreu na Country House and Hospital, uma comunidade para profissionais aposentados da indústria do showbusiness. 

Ralph Woolsey começou a carreira na década de 1930, no estado de Minnesota, mas se mudou para Califórnia logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Woolsey trabalhou em produções como O grande Santini e Os novos centuriões. Entretanto, ganhou notoriedade como diretor de fotografia da série original Batman, lançada em 1966. O programa, estrelado por Adam West e Burt Ward teve 120 episódios e foi exibido até 1963. 

Na série, Woolsey recebeu reconhecimento por popularizar o uso da técnica "dutch angle", também conhecida como "ângulo holandês" ou "ângulo alemão", utilizada para provocar sensações de desorientação e tensão no espectador. 

O profissional recebeu um Emmy, um dos prêmios mais importantes da televisão, em 1968, pelo trabalho em O rei dos ladrões (1968-1970). Ele também foi indicado ao prêmio pelos trabalhos em Maverick (1957-1962) e 77 sunset strip (1968). Woolsey foi premiado no Prêmio Presidentes da ASC Sociedade Americana de Cinematográficos), em 2003, por ter contribuído com avanços para o cinema mundial. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade