Publicidade

Correio Braziliense

Paulim Diolinda lança CD 'Paulim Diolinda noutros cantos' na quinta-feira

O show será no Teatro dos Bancários e o repertório contará com as 14 faixas do novo álbum


postado em 11/04/2018 18:10 / atualizado em 11/04/2018 18:10

Tanto o CD quanto show de lançamento contarão com a colaboração de vários músicos(foto: Kacau Machado/Divulgação)
Tanto o CD quanto show de lançamento contarão com a colaboração de vários músicos (foto: Kacau Machado/Divulgação)
 
O poeta e compositor Paulim Diolinda lança, nesta quinta-feira (12/4), o álbum Paulim Diolinda noutros cantos. O evento de lançamento será às 21h, no Teatro dos Bancários (314/315 Sul). A apresentação contará com as 14 faixas do novo álbum, com participação dos músicos Cleyson Batah, Dadá Quixabeira, Duda Moreira, Jairo Mendonça, Vanessa Dizul e Zemiguel Rodrigues.

Com fortes características regionais, o CD mostra a face do poeta nas interpretações de músicos parceiros, que são os intérpretes das canções escritas pelo Paulim. O álbum tem direção musical assinada pelo maestro Marcos Farias. O CD terá 50 encartes em braile. 
 
O CD conta com o patrocínio do GDF, por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC/DF), da Secretaria de Estado de Cultura do DF.   

Trajetória de Paulim Diolinda

Nascido Paulo Avelino na cidade de Olinda, em Pernambuco, o artista começou a escrever poemas aos 13 anos. Paulim já participou de coletâneas de poetas e teve a canção Temporal, em parceria com Jairo Mendonça, como finalista do Festival de Música Popular do Gama, em 1995. Na ocasião, a música foi interpretada por Takane Pacífico.

Também participou da final do Fest Sinhá de Itumbiara em 1998, com Dias abissais, uma das parcerias com Zemiguel Rodrigues, constante parceiro musical do artista, e Jairo Mendonça, intérprete da canção. 

O início da interação com a música, ainda em Olinda, aconteceu quando ouvia Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, que se tornaram as maiores referências de Paulim. Mais tarde, começou a ovuir nomes como Zé Ramalho, João do Vale, Geraldo Azevedo e outros. "Na poesia minhas referências maiores foram poetas como o Vinícius de Morais, J.G de Araújo Jorge, Neimar de Barros e Manoel Bandeira. Sou poeta porque a poesia toca mais a alma", define Paulim em nota. 

Serviço
 
Show de Lançamento do CD Paulim Diolinda Noutros Cantos
Teatro dos Bancários (314/315 Sul). Quinta-feira (12/4), às 21h. Ingressos a R$ 40 (inteira) e 20 (meia). O ingresso dá direito a um CD. Classificação indicativa livre. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade