Publicidade

Correio Braziliense

Morre aos 88 anos o cineasta italiano Vittorio Taviani

O cineasta, doente há bastante tempo, realizou com seu irmão quinze longas-metragens, o mais famoso dos quais, Padre Padrone, Palma de Ouro no Festival de Cannes em 1977


postado em 15/04/2018 10:26 / atualizado em 15/04/2018 10:31

(foto: Gerard Julien/AFP)
(foto: Gerard Julien/AFP)
 
O cineasta Vittorio Taviani, que, junto com seu irmão Paolo, assinou alguns dos grandes filmes do cinema italiano, morreu em Roma aos 88 anos, informou neste domingo (15/4) a imprensa, citando fontes familiares.

O cineasta, doente há bastante tempo, realizou com seu irmão quinze longas-metragens, o mais famoso dos quais, Padre Padrone, Palma de Ouro no Festival de Cannes em 1977.

Nascido em 20 de setembro de 1929 em San Miniato, na Toscana (centro da Itália), Vittorio era dois anos mais velho que seu irmão Paolo, com quem formou um dueto quase único na história da sétima arte.

Fortemente inspirados pelo mestre do neo-realismo Roberto Rosselini, os dois irmãos, filhos de um advogado antifascista, interessaram-se desde o início de suas carreiras, na década de 1960, por tratar de questões sociais.

Seu cinema atípico, marcado por um estilo muito literário, mistura história, psicanálise e poesia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade