Publicidade

Correio Braziliense

Brasiliense estará na Feira Internacional do Livro de Buenos Aires

Agente literário e escritor, Andrey do Amaral vai participar da Rodada de Negócios da Feira Internacional do Livro de Buenos Aires


postado em 19/04/2018 10:30 / atualizado em 19/04/2018 10:37

Ele vai tentar propor um intercâmbio de publicações entre editoras brasileiras e (foto: Reprodução/Facebook)
Ele vai tentar propor um intercâmbio de publicações entre editoras brasileiras e (foto: Reprodução/Facebook)

Único convidado brasiliense a participar da Rodada de Negócios da 44ª edição da Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, Andrey do Amaral, escritor e agente literário, tem o objetivo de, nesta viagem, conversar com outros editores de várias partes do mundo. No evento, ele vai tentar propor um intercâmbio de publicações, o qual é uma tentiva de fazer uma troca em que as editoras brasileiras publiquem obras argentinas e as de lá se interessem em traduzir os títulos do Brasil.

 

Representante de nomes, como Beatriz Schwab, Wilza Meireles, Francine Cruz, Adriana Ramos, Antonio Pinto Ferraz, Marcelo Rodrigues e Selma Santiago, Andrey do Amaral recebeu o auxílio do Projeto Conexão, iniciativa da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, e foi apoiado pela Câmara Brasileira do Livro.

 

O que é a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires?

 

A feira da capital Argentina chega à 44ª edição e é uma das mais conhecidas no continente americano. Neste ano, vai ser realizada em duas partes: uma voltada para editores, distribuidores, livreiros, ilustradores e bibliotecários, que entre os dias 24 e 26 deste mês, irão ter uma programação especifica sobre o ramo literário; e entre 26 de abril e 14 de maio, a feira fica aberta para o público adquirir novos títulos, além de conhecer mais autores e obras do mundo todo.

 

A rodada de negócios, a qual o agente literário brasiliense vai participar, é uma parte do evento voltada para profissionais do ramo, sejam eles agentes, professores, bibliotecários ou tradutores. Então, lá vão ser oferecidas oficinas, treinamentos, além de ser um ambiente oportuno para construir um networking e fazer negócios. Neste ano, estarão presentes pessoas de várias parte do mundo, como, por exemplo, Colômbia, Espanha, Ilhas Baleares, Bolívia, Alemanha, Dinamarca e Chile.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade