Publicidade

Correio Braziliense

Juiz proíbe venda de Barbie de Frida Kahlo no México

Segundo o magistrado, o direito de imagem da pintora pertence a família dela


postado em 23/04/2018 11:10 / atualizado em 23/04/2018 11:18

A Barbie começou a ser vendida no país por meio de uma loja de luxo e teve o estoque esgotado em 2 dias(foto: Reprodução/Internet)
A Barbie começou a ser vendida no país por meio de uma loja de luxo e teve o estoque esgotado em 2 dias (foto: Reprodução/Internet)

 

Um juiz mexicano suspendeu de imediato a venda da Barbie inspirada na artista plásticas Frida Kahlo no México. Segundo a alegação do juiz, a imagem da pintora pertence a família dela e não pode ser usada sem que a autorização.

 

Apesar de imediata, a decisão ainda pode ser recorrida pela empresa Mattel, fabricante norte-americana da boneca Barbie.

 

A família de Kahlo ainda informou que aguardará a decisão final do processo no México para depois iniciar uma ação contra também nos Estados Unidos, onde está a sede da fabricante.

 

 

Barbie

 

 

A boneca inspirada em Frida Kahlo foi lançada em 8 de março, no Dia Internacional da Mulher. Com o objetivo de prestar homenagem a grandes personalidades femininas, a campanha Mulheres que inspiram tinha feito um acordo com a Frida Kahlo Corporation, uma associação fundada pela família de Frida junto a empresa Casablanca Distributors.

 

Entretanto, o acordo não foi informado diretamente a família de Frida Kahlo, o que fez com que tivesse início o processo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade