Publicidade

Correio Braziliense

Cantor Paulo Lessa lança novo clipe com cenas gravadas em Brasília

Em 'Ficou um pedaço de mim', Paulo Lessa fala sobre amor


postado em 24/04/2018 18:10 / atualizado em 27/04/2018 18:14

O cantor fará show para lançar novo álbum 'Lado alado'(foto: Célio Maciel/Divulgação)
O cantor fará show para lançar novo álbum 'Lado alado' (foto: Célio Maciel/Divulgação)

Paulo Lessa, cantor capixaba radicado em Brasília, divulgou recentemente o clipe de Ficou um pedaço de mim, uma das faixas do álbum Lado a lado, CD que ainda será lançado em show em maio. O vídeo foi gravado em Brasília - cidade do coração do artista - e na Chapada dos Veadeiros - considerado um refúgio para ele. 

 

A música Ficou um pedaço de mim é tranquila e fala sobre amor. Na letra, o cantor explica que a amada - interpretada pela atriz Manu Maia -, a qual ele encontrou na Chapada, não está mais com ele. Então, ele a elogia e a compara com o lugar: "A paisagem bela/ Quase como ela/ A flor do campo que eu não pude arrancar/ E trazer comigo". 

 

O cantor, instrumentista e compositor também fala sobre encontros e desencontros. No refrão, por exemplo, Paulo Lessa canta: "Ainda me perco que é pra ver se eu me acho/Ainda te acho que é para ver se eu me encontro/ O nosso encontro já estava marcado". 

 

Nas cenas do clipe, sempre com um violão na mão, o cantor às vezes fica ao lado da amada, às vezes só. A todo momento fica relembrando os bons momentos passados com a namorada na bela paisagem. O vídeo termina com uma imagem aérea, a qual mostra a Chapada dos Veadeiros. 

 

Pode ser percebido, na filmagem alguns lugares conhecidos, como, por exemplo, a antiga piscina de ondas do Parque da Cidade e o mirante do Vale Dourado. 

 

 

 

Serviço

 

Lançamento do álbum Lado alado 

CTJ Hall (706/906 Sul, Casa Thomas Jefferson)

Quarta-feira (16/5), às 20h. Show de alnçamento do novo CD de Paulo Lessa. Entrada franca. Não recomendado para menores de 12 anos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade