Publicidade

Correio Braziliense

Projeta às 7 busca dar visibilidade ao cinema brasileiro independente

A partir de 3 de maio, a rede de cinemas Cinemark vai ter uma programação exclusiva para obras pouco conhecidas no circuito comercial


postado em 27/04/2018 12:00 / atualizado em 27/04/2018 12:01

O longa 'Querida mamãe' é um dos filmes que passarão no Projeta às 7(foto: Cinemark/Divulgação)
O longa 'Querida mamãe' é um dos filmes que passarão no Projeta às 7 (foto: Cinemark/Divulgação)

 

A partir da próxima quinta (3/5), o Cinemark vai abrir um espaço na programação para apresentar obras nacionais que estão fora do circuito comercial. Os filmes de cunho independente serão exibidos de segunda à sexta, às 19h.

 

Entre as atrações já listadas estão o filme Querida mamãe, com Letícia Sabatella no elenco e dirigido por Jeremias Moreira Filho; o documentário sobre o autismo Em um mundo interior, de Mariana Pamplona e Flavio Frederico; e o drama pernambucano de Tuca Siqueira, intitulado Amores de chumbo.

 

"O Projeta às 7 dá ainda mais voz ao cinema brasileiro. Vamos amplificar o portfólio de filmes nacionais para fomentar o interesse do espectador por obras que nem sempre têm a chance de chegar aos cinemas, incluindo documentários, filmes de fora do eixo Rio-SP e assinados por diretores estreantes", afirma Bettina Boklis, diretora de marketing da rede Cinemark em nota.

 

Os filmes selecionados serão exibidos como pré-estreia no cinema do shopping Pier 21.

 

Assista ao trailer do documentário Em um mundo interior:

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade