Publicidade

Correio Braziliense

Wanessa Camargo volta ao pop com nova música 'Mulher gato'

Antes de 'Mulher gato', a cantora produziu músicas sertanejas


postado em 27/04/2018 15:59 / atualizado em 27/04/2018 15:59

Em 'Mulher gato', Wanessa sensualiza e usa duplos sentidos(foto: Som livre/Divulgação)
Em 'Mulher gato', Wanessa sensualiza e usa duplos sentidos (foto: Som livre/Divulgação)

Wanessa Camargo lançou, na quinta-feira (26/4), o clipe da música Mulher gato. O mais novo single da filha de Zezé Di Camargo tem uma letra reacheada de duplos sentidos e marca o retorno da cantora ao estilo musical pop. Anteriormente, a artista havia apostando no sertanejo e chegou a lançar o álbum 33, em 2016.

 

A música começa com o som de um triângulo e uma pegada bem brasileira. Depois ganha um batida mais forte e se mostra um reggaeton. Na letra, chama atenção os duplos sentidos, já que, em algumas partes, Wanessa canta "Me joga pra cima que eu caio de quatro/Sou a sua mulher-gato", "Leitinho quente, quer tomar?" e "Passe a mão, passe a mão, passa mão/ E passa mal". 

 

O vídeo, que foi dirigido por João Monteiro e Fernando Morais, é repleto de cenas sensuais. A cantora usa roupas reveladoras e justas, em alguns momentos ela segura um chicote. No início, Wanessa está num beco escuro com um luz neon, depois passa para um espaço com um fundo branco. Outros dançarinos também sensualizam ao lado dela.

 

 

Turnê W 

Wanessa Camargo não divulgou apenas o novo single, como também uma turnê de seis meses pelo Brasil. Nomeada Turnê W, estreará neste sábado (28/4), em São Paulo e até agora foi confirmada a passagem por mais três estados: Ceará, Espírito Santo e Piauí. 

Aprenda a letra de Mulher gato

Me chama, me toca, me cheira

Quero brincar

Me pega na marra, me amarra

Me faz miar

 

Não dá pra aguentar

Tô louca pra dar

Um beijo na sua boca

Me joga pra cima que eu caio de quatro

Sou a sua mulher-gato

 

E faço miau miau miau

Chama a gata pra dançar

E faço miau miau miau

Leitinho quente, quer tomar?

 

Passe a mão, passe a mão, passa mão

E passa mal

Passe a mão, passe a mão, passe a mão

Me mostra teu instinto animal

Passa bem, passa bem, passa bem

Suave vem

Vem meu bem, vem meu bem, vem meu bem

Como essa gata não existe ninguém

 

Eu mordo, arranho e balanço o rabinho

Eu faço gostoso, então não demore

Me dá, me dá, me dá seu carinho

 

Cê lembra aquela mina que cê sempre desejava?

A mesma que você pedia, mas ela negava

Agora ela tá na sua cama

Fazendo tudo aquilo que cê ama

 

Você me leva, me eleva, me tira do sério

E o que eu quero é fora do normal

Agora agora o que eu quero quero

Que você conheça o meu lado animal 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade