Publicidade

Correio Braziliense

Troye Sivan sobre aceitar sexualidade: 'Me sentia doente'

O cantor afirmou ter chorado ao perceber que sentia atração pelo Zac Efron


postado em 27/04/2018 18:10 / atualizado em 27/04/2018 18:15

"Lembro que chorei quando me dei conta de que achava o Zac Efron muito atraente", diz Troye Sivan (foto: Reprodução/Internet)
 
Assumido gay publicamente desde 2013, o cantor nascido na África do Sul e naturalizado australiano Troye Sivan volta a abordar sexualidade em entrevista ao portal Atitude.  
 
Para a família, o jovem se revelou aos 15. O desabafo público veio em 2013, aos 18, com um vídeo no YouTube. Agora, aos 22 anos, o artista diz ter se sentido atraído por homens desde bem jovem. 
 
“Lembro que chorei quando me dei conta de que achava o Zac Efron muito atraente, aos 13 anos, por aí”, relata. “Eu chorei. Me senti muito doente… Não era apenas "tenho uma queda por tal garoto, ou algo do tipo. Eu não estou apenas interessado nesse garoto, eu o acho atraente". Isso foi estranho para mim”, continua.
 
Troye também abordou os “super-sexualizados ambientes” de paquera on-line, dizendo que ficou “assustado” quando teve contato com esse mundo aos 17 anos. “Ao mesmo tempo, não me arrependo”, acrescenta. “Talvez eu não estivesse de fato com medo, apenas desconfortável. Eu não quero olhar para essas experiências passadas sob ângulo negativo ou positivo”. 
 
Sobre o atual namorado, o modelo Jacob Bixenman, Troye disse à Attitude: “Ele tem uma espécie de energia magnética. Eu acho que as pessoas não têm nada a fazer, a não ser amá-lo. Ele uma personalidade impressionante. É como está sempre com seu melhor amigo, o que é ótimo”.
 
Perguntado sobre monogamia, o cantor vê com naturalidade sentir ciúmes ocasionalmente.  “Eu acho que sou monogâmico por natureza, e gosto disso. Talvez eu possa sentir ciúmes de uma pessoa, sei lá, parece certo para mim”, conclui. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade