Publicidade

Correio Braziliense

Campeã do BBB18, Gleici fala sobre o assassinato do pai e vida política

Estudante do Acre levou a bolada de R$ 1,5 milhão, mas não teve uma vida fácil em Rio Branco, antes de entrar no reality


postado em 30/04/2018 12:28

Gleici lamenta não poder ajudar o pai: 'Não está mais aqui'(foto: TV Globo/Reprodução)
Gleici lamenta não poder ajudar o pai: 'Não está mais aqui' (foto: TV Globo/Reprodução)

 

Apesar de ter levado a bolada de R$ 1,5 milhão para casa ao vencer a 18ª edição do Big Brother Brasil, a jovem de 21 anos Gleici Damasceno não teve uma vida fácil em Rio Branco, no Acre. Em entrevista ao jornal Extra, a estudante falou sobre a morte trágica do pai e descartou a intenção de ingressar na carreira política, pelo menos por enquanto.

 

Na publicação, Gleici conta que depois que o pai se separou da mãe, ele ''entrou em uma vida totalmente errada de álcool e drogas''. ''Ele foi assassinado dentro de casa, na frente da esposa e da filha por uma adolescente de 16 anos. Era uma pessoa que eu gostaria de ajudar, mas não está mais aqui'', lamentou. 

 

Durante sua participação no reality show, a jovem evitava tocar no assunto e, em uma conversa com Wagner, seu affair dentro da casa, revelou que não queria ser vista como ''coitada'' pelo público do programa.

 

Engajada em causas sociais, Gleici também relembrou das vezes que precisou tirar o pouco que tinha de casa para ajudar outras pessoas. Por enquanto, ela descarta a vida política. ''Acredito que é possível a gente fazer a nossa parte e acreditar que um dia vai conseguir mudar. Ser candidata é uma responsabilidade muito grande, primeiro eu tenho que me formar'', disse. 

 

Sobre o namoro com Wagner Santiago, ela contou que os dois estão bastante apaixonados e que o romance era certo mesmo que ela não vencesse a disputa no reality show. O casal não se desgruda desde que ela deixou o programa e tem planos de morar no Rio de Janeiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade