Publicidade

Correio Braziliense

Livros de Paulo Coelho serão transformados em série norte-americana

'Brida', 'O demônio e a srta. Prym' e 'A bruxa de Portobello' foram os livros selecionados do autor para virar série de tevê


postado em 03/05/2018 17:30 / atualizado em 03/05/2018 17:39

Paulo Coelho já assinou os contratos com produtores norte-americanos(foto: Reprodução/Internet)
Paulo Coelho já assinou os contratos com produtores norte-americanos (foto: Reprodução/Internet)

O escritor brasileiro Paulo Coelho assinou um contrato com produtores dos Estados Unidos para ser uma série baseada em três livros do autor. Inspirado nas obras Brida (1990), O demônio e a srta. Prym (2000) e A bruxa de Portobello (2006), o seriado televisivo, ainda sem título, será um thriller.

O enredo contará a história de um jovem padre numa aventura de autoconhecimento e redenção depois de ser banido da própria igreja. O personagem também será perseguido por uma família poderosa e por um agente da CIA. 

 

No início de cada episódio aparecerá o próprio Paulo Coelho para apresentar alguns pensamentos sobre o tema do capítulo. O brasileiro foi convidado também para participar do desenvolvimento criativo de todo o seriado.

 

Conheça um pouco das histórias dos livros de Paulo Coelho 

 

Brida é uma jovem iralandesa interessada em magia e na trama teanta mediar os relacionametos com a vontade de se tornar uma bruxa. A personagem foi inspirada em uma garota que Paulo Coelho conheceu durante uma peregrinação pelo Caminho de Roma.

 

O demônio e a srta. Prym é o último livro da trilogia E no sétimo dia..., no qual o autor conta uma semana da vida de personagens, os quais são confrontados pelos sentimentos: amor, poder e morte. A trama se passa numa pequena aldeia e mostra como uma pobre garçonete faz uma aposta com o Diabo.

 

Um dos títulos mais recentes do escritor A bruxa de Portobello conta a história de Athena, uma jovem adotada por libenesa, que enfrenta intolerância religiosa. Ela nasceu na região da Transilvânia e vem de uma família de cigana. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade