Publicidade

Correio Braziliense

Banda Codinome Winchester se apresenta no Poizé 305 neste sábado

Grupo do Mato Grosso do Sul se destaca no cenário do rock no Centro-Oeste e faz primeiro show na capital


postado em 04/05/2018 13:20 / atualizado em 04/05/2018 13:44

O quinteto busca inovar com estilo setentista no cenário independente da música(foto: Sarah Outeiro/Divulgação)
O quinteto busca inovar com estilo setentista no cenário independente da música (foto: Sarah Outeiro/Divulgação)

 

A banda de rock psicodélico Codinome Winchester chega a Brasília neste sábado para show no evento Nem Ideia na Poizé 305. Ao lado das bandas brasilienses Belga e Pollares, o grupo vai se apresentar pela primeira vez na capital.

 

Destaque no cenário independente, o grupo é formado pelo vocalista Fillipe Saldanha, os guitarristas Arthur Maximilliano e Luciano Armstrong, o baixista Thiago Souto e baterista Guilherme Napa.

 

Naturais do Mato Grosso do Sul, a banda já dividiu palco com nomes fortes do cenário independente brasileiro como as bandas Cachorro Grande, Far From Alaska e Supercombo.

 

O quinteto é normalmente definido como uma banda de rock'n roll psicodélico e setentista, porém prefere estar longe de rótulos. "Geralmente, quem acaba definindo o estilo são os ouvintes, pois as bandas, em grande parte, fazem as músicas com o coração e a personalidade de cada membro. Como a banda possui várias inspirações setentistas com muita pitada de timbres psicodélicos, acabamos sugerindo um pouco desse estilo. Acredito que um bom estilo da banda seria a nova psicodelia do Pantanal", diz Arthur Maximilliano em entrevista ao Correio.

 

Formado em 2012, a banda foi primeiramente apresentada para o público de universitários da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Sempre munidos com músicas autorais, o grupo tem como principal referência a banda inglesa Led Zeppelin e o norte-americano Jack White. 

 

Mas, mesmo com inspirações internacionais, o quinteto também valoriza os trabalhos regionais da cidade de Campo Grande, lugar que deu origem a banda. "Carregamos também influências da música regional da nossa cidade, aliás, quando vocês estiverem ansiosos por músicas novas, Bando do velho Jack e Bêbados habilidosos são bandas magníficas de Campo Grande", comenta Artur.

  

Misturas

 

Em 2017, a banda surpreendeu ao fazer uma releitura da música Sua cara, hit de Anitta e Pabllo Vittar. Com adicional de riffs de guitarra e estilo próprio, a música ganhou um clipe cheio de efeitos retrô. Sobre a mistura entre o rock e o pop, o guitarrista Luciano Armstrong afirma: "Uma das veias mais fortes do rock é sua irreverência. Colocar o estilo dentro duma caixa e limitar o que você pode ou não fazer o torna chato e sem vida. A inovação vem de arriscar mesmo. Buscamos isso".

 

Agora, de mudança para São Paulo, a banda promete lançar o álbum Reunião entre céu e inferno ainda em agosto deste ano. Para o mês de maio, o grupo reservou o lançamento do primeiro single do disco.

 

Confira a releitura de Sua cara:

 

 

 

Serviço

Codinome Winchester - Festa Nem Ideia

Poizé 305 (SCLN 305, Bl. E). Sábado (5/5), às 18h. Ingressos a R$ 20 (antecipados) e R$ 25 (na entrada do evento). À venda no site www.sympla.com.br. Classificação indicativa livre.

 

*Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade