Publicidade

Correio Braziliense

Cineasta italiano Ermanno Olmi morre aos 86 anos

Diretor de 'A árvore dos tamancos', ele faleceu no domingo (6/5) após vários anos doente


postado em 07/05/2018 10:19

Ermanno Olmi após receber o Leão de Ouro pelo conjunto de sua carreira em Veneza(foto: Alberto Pizzoli/AFP)
Ermanno Olmi após receber o Leão de Ouro pelo conjunto de sua carreira em Veneza (foto: Alberto Pizzoli/AFP)

 

O cineasta italiano Ermanno Olmi, Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1978 com A árvore dos tamancos, faleceu aos 86 anos, anunciou o ministério italiano da Cultura. Olmi, um cineasta autodidata e pioneiro do gênero documental, estava doente há vários anos e faleceu no domingo (6/5) no hospital de Asiago, perto de Vicenza (norte da Itália).

 

"A morte de Ermanno Olmi deixa a cultura italiana sem um gigante, um grande mestre do cinema italiano", afirmou o ministro da Cultura, Dario Franceschini. "Foi um intelectual profundo que sondou e explorou os mistérios do homem e explicou, com a poesia que caracteriza suas obras, a relação entre o homem e a natureza, a dignidade do trabalho, a espiritualidade", completou o ministro.

 

Olmi nasceu em Bérgamo em 24 de julho de 1931 e dirigu quase 40 curtas-metragens e 20 longas-metragens, incluindo A árvore dos tamancos (L'albero degli zoccoli), um filme quase documental sobre a vida de quatro famílias de camponeses pobres no fim do século XIX.

 

O filme, considerado uma grande obra do cinema italiano, venceu a Palma de Ouro em Cannes em 1978 e o César de filme estrangeiro na França um ano depois.

 

Olmi criou um estilo muito pessoal e passou por vários formatos cinematográficos, incluindo o religioso em Cammina cammina (1982), no qual contava a história dos reis magos com atores não profissionais.

 

Em 1987 recebeu o Leão de Prata do Festival de Veneza com Lunga vita alla signora e em 1988 venceu o Leão de Ouro com a A lenda do santo beberrão, baseado em um conto de Joseph Roth.

 

Vinte anos depois recebeu o Leão de Ouro pelo conjunto de sua carreira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade