Publicidade

Correio Braziliense

Pint of Science propõe conhecimentos acadêmicos de forma descontraída

Evento ocorrerá entre 14 e 16 de maio com objetivo claro: colocar o conhecimento da universidade a disposição de todos


postado em 14/05/2018 09:50 / atualizado em 14/05/2018 09:58

(foto: NASA, ESA,P. van Dokkum/Divulgação - Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
(foto: NASA, ESA,P. van Dokkum/Divulgação - Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)


Bar e ciência formam o pilar do evento Pint of Science Brasil, que já está com o roteiro programado para a edição deste ano. Sendo realizado entre 14 e 16 de maio, o encontro vai movimentar o pensamento crítico em vários bares da capital. Dentre os temas debatidos estão o uso médico do canabidiol, as psicologias forense e a febre amarela. 

Com surgimento na Inglaterra, ainda em 2013, o Pint of Science coloca cientistas em uma conversar informal com a população. No Brasil, ele chegou em 2015 e agora estará nas cinco regiões do país. Em Brasília, ocorrerão conversas nos bares Armazém do Ferreira (202 Norte), London Street Pub (214 Norte), Originale (Águas Claras), Resenha (410 Sul) e Stadt Music Bar (SIG). Confira no link a programação completa do evento.
 
Por meio de comunicado oficial à imprensa, Eduardo Bessa, doutor pelo Departamento de Comportamento Animal da Universidade de Brasília (UnB), lembrou a importância do evento para a população brasileira:  “O brasileiro se interessa por ciência, mas faltam oportunidades de contato direto entre o público e o cientista. O Pint of Science encurtará a distância entre os leigos e a prata da casa, alguns dos maiores cientistas de Brasília num ambiente que estimula a informalidade e a comunicação aberta, a mesa do bar”.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade