Publicidade

Correio Braziliense

Courtney Love vence processo contra liberação de fotos de Kurt Cobain

As imagens são do artista morto em 1994


postado em 16/05/2018 18:15 / atualizado em 16/05/2018 18:17

Fotos seguiram fora do alcance do público(foto: Crédito: Divulgação)
Fotos seguiram fora do alcance do público (foto: Crédito: Divulgação)


Courtney Love e Frances Bean, a ex-mulher e a filha do cantor Kurt Cobain, ganharam um importante processo que proíbe o acesso as fotos do artista morto – tiradas pela polícia na época do suicídio de Cobain, em 1994. 

A vitória das duas foi contra o jornalista Richard Lee, que buscava na corte norte-americana a liberação das fotos devido a uma teoria que apontava a morte de Cobain como um assassinato, e não como um suicídio.

Lee estava processando a cidade de Seattle (EUA) desde 2014. O jornalista apresentou inclusive um programa para apontar as causas da morte de Cobain. 

 
Suprema corte 

 
Em 2015, o processo chegou a suprema corte das terras do Tio Sam, mas pelas mãos da juíza Theresa Doyle, o jornalista perdeu novamente. Doyle inclusive afirmou nos autos: “As fotos são ofensivas para qualquer pessoa racional”.
 
Courtney Love e Frances Bean foram oficialmente envolvidas no processo em 2016, quando Lee – após sucessivas derrotas – decidiu usar o último recurso e apelar. As duas tiveram de testemunhar na ocasião.

Agora, de acordo com o portal The Blast, as duas mulheres ganharam o processo contra a divulgação, definindo, assim, que os cidadãos em geral não podem ter acesso ao arquivo da polícia em relação as fotos do corpo ou do local de morte de Cobain.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade