Publicidade

Correio Braziliense

Johnny Hooker fala ao Correio sobre dia de combate à LGBTIfobia

O cantor e compositor também aproveitou a entrevista para divulgar o retorno a Brasília com a turnê mais recente, Coração


postado em 17/05/2018 17:59 / atualizado em 17/05/2018 18:28

(foto: Diego Ciarlariello/Divulgacao)
(foto: Diego Ciarlariello/Divulgacao)
 

O ator, cantor e compositor pernambucano John Donovan, mais conhecido como Johnny Hooker, comemorou a nomeação como Campeão da Igualdade da Campanha Livres & Iguais no Brasil, na Casa da ONU. A homenagem ocorreu nesta quinta-feira (17/5), em Brasília. Segundo ele, a nomeação fez parte de um evento Dia Internacional contra a Discriminação contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, pessoas Trans e Intersexo (LGBTIfobia). Em entrevista ao vivo no Facebook do Correio, o pernambucano também aproveitou para divulgar o retorno à capital com show em 8 de junho, com a turnê do mais recente álbum, Coração. O show será no Arena Futebol Clube e os ingressos estão à venda pelo site da Sympla. Veja a entrevista:

 

Johnny Hooker contou que a participação no evento da ONU dialoga com a trajetória criativa dele, que busca trabalhar a luta contra o preconceito em seus projetos. Para ele, arte e política caminham juntas e o palco aparece como um importante espaço de luta cotidiana. O espetáculo segue a linha performática do artista e leva ao público uma narrativa que transita entre diferentes atos. “É quase um ritual, a gente já começa com o som da batida do coração. Estou ansioso para me apresentar em Brasília, o público é sempre muito receptivo e politizado”, destaca. 

 

Seus discos, Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito (2015) e Coração (2017), foram bem recebidos pelo público e pela crítica. O primeiro alcançou o 1º lugar na plataforma de streaming Deezer e foi também destaque no chart MPB do iTunes Brasil. O artista venceu o 26º Prêmio da Música Brasileira como Melhor Cantor na categoria Canção Popular, em 2015. 

 

Nascido no Recife, Hooker se inspira em personagens do glam rock, pop e tropicalismo para compor o seu visual forte e performático. As principais referências em seu processo criativo e musical são David Bowie, Madonna e Caetano Veloso.

 

Serviço

Johnny Hooker em Brasília, turnê Coração. Dia 8 de junho, no Arena Futebol Clube (SCES trecho 03 lote 01), às 23h30. Abertura da casa às 22h. Ingressos a R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia-entrada) – 1º lote. Não recomendado para menores de 18 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade