Publicidade

Correio Braziliense

Morre Paulo Djorge, cantor e compositor brasiliense

Músico morreu aos 54 anos, em casa, na manhã desta quinta-feira (7/6), vítima de infarto


postado em 07/06/2018 12:19 / atualizado em 07/06/2018 17:22

Morre Cantor e compositor Paulo Djorge, aos 54 anos (foto: Facebook/Reprodução)
Morre Cantor e compositor Paulo Djorge, aos 54 anos (foto: Facebook/Reprodução)
 
Uma notícia triste para os músicos e amantes da MPB brasiliense. O cantor e compositor Paulo Djorge morreu na manhã desta quinta-feira (7/6), aos 54 anos, em casa, após sofrer um infarto fulminante. Ainda não há informações sobre o velório. De acordo com amigos próximos da família, um dos desejos do compositor era que seu enterro fosse acompanhado de muita música e amigos.

"Ele já havia há tempos, manifestado à Carol, esposa dele, que tinha o desejo que seu enterro fosse acompanhado de muita música. Então estamos reunindo os músicos e amigos dele para fazer uma grande homenagem, do jeito que ele gostaria. Renato Matos, Gadelha Neto, o pessoal do Liga Tripa, todos esses já estão confirmados", conta Vicente Sá, músico e amigo pessoal de Paulo.  

Músico, poeta e compositor, Paulo Djorge Rodrigues de Carvalho tinha como principal influência escrever sobre Brasília e falar sobre o amor. Escreveu canções para o cinema, teatro e televisão, além de vários cantores brasilienses, como Elen Oléria, com a canção Me leva, Flora Matos — de quem é padrinho musical —, e para Célia Porto. 

"Ele tinha uma paixão inexplicável pela cidade, e usava isso de uma forma muito bem para escrever suas composições. Ele era muito querido por todos, no nosso meio, ele era conhecido por ser um compositor que procurava os músicos para entregar o que ele havia escrito e confiava que iria dar certo", conta Célia Porto.
 
*Estagiário sob supervisão de Igor Silveira

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade