Publicidade

Correio Braziliense

Seleção Brasileira de hip-hop se prepara para o campeonato mundial

Os dançarinos da Cia Have Dream estão se apresentando em escolas do DF como forma de treinamento


postado em 08/06/2018 11:40 / atualizado em 08/06/2018 11:47

(foto: Divulgação/Kiko Sanches)
(foto: Divulgação/Kiko Sanches)
 
Dois mil e dezoito não é apenas ano de Copa do Mundo de futebol, a Seleção Brasileira de Hip-Hop se prepara para disputar o World Hip Hop Dance Championship, em agosto nos Estados Unidos. 

A equipe brasileira, que faz parte da Cia Have Dream, tem se apresentado em escolas públicas e particulares do Distrito Federal com o espetáculo Resiliência. Além de treinar, levam a cultura do hip-hop para os estudantes.

Rafael Nino, idealizador do Resiliência, conta que o objetivo do projeto é servir de inspiração para novas gerações: “Queremos mostrar que eles podem sonhar e realizar. Somos prova disso. Temos, também, a oportunidade de levar um espetáculo de música e de arte para dentro de algumas escolas que são tão carentes de eventos culturais como esses”.

Movimentos das danças urbanas e contemporâneas são fundidos ganhando novas intepretações e personalidades. Os elásticos, que auxiliavam no balanço corporal dos bailarinos, foram retirados para que todas as instituições de ensino, independentemente da estrututra, pudessem receber o espetáculo. 

O coordenador do projeto, Dilvan Rodriguez, explica que o espetáculo refletem em momentos da vida, como perdas, desilusões e outros acontecimentos. “Fato é que quanto maior flexibilidade que uma pessoa possui, menos ela sofrerá com adversidades da vida”, completa Rodriguez.

Sobre a Cia Have Dreams

A Cia Have Dreams foi criada pelo dançarino, coreógrafo e diretor Rafal Nino em 2010. Então morador de Ceilândia, Nino se inspirou em um filme chamado Escritores da liberdade, o nome do grupo foi tirado da música I have a dream, que faz parte da trilha sonora do filme. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade