Publicidade

Correio Braziliense

Fora da Copa do Mundo, Daniel Alves investe na carreira de cantor

Clipe de 'Suave' será lançado nesta sexta (15/6) e conta com duas participações especiais


postado em 13/06/2018 16:51 / atualizado em 13/06/2018 18:14

O jogador já fez participações cantando e compondo canções(foto: FRANCK FIFE)
O jogador já fez participações cantando e compondo canções (foto: FRANCK FIFE)

 
O jogador de futebol Daniel Alves, que está fora da Copa do Mundo devido a uma contusão no joelho direito, está engajado na carreira de músico. O jogador lancará, nesta sexta (15/6), o single Suave. A canção foi feita em parceria com Pinto Wahin e Thiago Matheus, que aparecem no clipe gravado em Barcelona. 

A música, de acordo com os produtores, é um hit. Com uma pegada "sensual" e "ritmo urbano", eles garantem que Suave foi feita "para as pistas de dança". A canção foi produzida pelo grupo El Tridente, que conta com o cantor Pinto Wahin como líder, Raúl Cabrera e Juanma Leal. O conjunto trabalha com o pop latino. O clipe da música foi dirigido por Peter Porta, que é especializado em publicidade.

Tanto Thiago Matheus quanto Pinto Wahin já trabalharam em músicas com o lateral direita brasileiro. Com o cantor brasileiro, Daniel Alves lançou a música Eu não quero casar e também compôs, em parceria, Seu Zé e O amante. Já o ex-jogador espanhol Pinto Wahin (José Manuel Pinto) compôs Eres especial com Daniel Alves. Os dois foram companheiros de equipe no Barcelona e o ex-goleiro hoje é compositor e produtor. Em 2016, ganhou um Grammy Latino com um disco de música flamenca.
 
Confira o clipe de Eu não quero casar
 
 

Fora da Copa


Na final da Copa da França, em que defendeu o Paris Saint-Germain (PSG) contra o time Les Herbiers, o baiano se machucou sozinho. O problema foi uma lesão em um ligamento do joelho direito. Ocorreu que, ao invés de o ligamento se partir no meio, ele se soltou de um osso da perna de Daniel Alves. 

Tendo passado por uma cirurgia na última terça (12/6), o lateral foi cortado da Copa do Mundo pelo técnico Tite. A tendência é que passe cerca de seis meses em recuperação, longe dos gramados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade