Publicidade

Correio Braziliense

Rafinha Bastos defende Cocielo e Leo Jaime vaia

No Twitter, apresentador disse que o youtuber errou, mas não merece ser perseguido. O ator rebateu: 'Erro é uma coisa, crime é outra'


postado em 04/07/2018 14:12

Rafinha Bastos já foi condenado na Justiça por ofender a cantora Wanessa Camargo e o filho dela(foto: Reprodução e Anna Fischer/Divulgação)
Rafinha Bastos já foi condenado na Justiça por ofender a cantora Wanessa Camargo e o filho dela (foto: Reprodução e Anna Fischer/Divulgação)

 

A polêmica sobre as declarações do youtuber Julio Cocielo continuam repercutindo na internet. Nesta quarta-feira (4/7), o apresentador Rafinha Bastos defendeu o influenciador e o ator Leo Jaime rebateu.

 

Em seu perfil, Rafinha disse que "O Cocielo é um dos caras mais legais e humildes com quem já convivi. Tem um coração gigante e é admirado por todos, repito, todos os influenciadores que conheço. Perseguir o cara por causa de um erro (ele já se desculpou), é um equívoco imenso. Esse não merece mesmo". 

 

Logo depois, Leo Jaime resolveu rebater a defesa de Rafinha e disse: "Erro é uma coisa, crime é outra. E foram 800 "erros", ou estou enganado?". A resposta de Leo Jaime foi endossada por muitos usuários da rede, entre eles, o estilista Ronaldo Fraga, que curtiu o twitte. 

 

Nos comentários, os internautas passaram a reproduzir os prints das mensagens de cunho racistas publicadas pelo Youtuber. "O menino erra um pouco além da conta, não?", disse um seguidor de Leo Jaime. "Se o cara era tão humilde e legal quanto estão dizendo os que o defendem agora, porque ninguém o alertou que tais tweets tinham conotação criminosa e poderia ofender as pessoas que fossem expostas?", disse outro. 

 

"Sendo defendido por Rafinha Bastos, um cara que tinha tudo pra ter construído uma carreira sólida na TV e viu tudo desmoronar quando 'fez piada' com a Wanessa. Também já fez piada que mulher feia tem que agradecer se for estuprada, mas tem quase 12 mi de seguidores. Iguais se defendem", disse outra pessoa.

 

O episódio mencionado pela seguidora aconteceu durante o programa CQC, quando Rafinha Bastos ainda era apresentador do programa e fez uma piada ao vivo falando que "comeria ela (Wanessa Camargo) e o bebê". O humorista foi processado pela cantora e condenado pela Justiça a pagar uma indenização para ela e o filho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade