Publicidade

Correio Braziliense

Sétima temporada do 'The Voice Brasil' terá uma série de novidades e regras

Nesta edição, os jurados poderão usufruir do bloqueio entre os técnicos, e a transmissão do programa se estendeu para dois dias na semana


postado em 09/07/2018 23:23 / atualizado em 10/07/2018 08:17

(foto: Divulgação/ Rede Globo)
(foto: Divulgação/ Rede Globo)
 
Rio de Janeiro — O reality show The Voice chega em 2018 à sétima temporada. A atração da Globo estreia no próximo dia 17 com algumas novidades. A primeira delas é a periodicidade. Nesta edição, a competição será transmitida duas vezes por semana: às terças e às quintas-feira, sempre depois da novela Segundo sol.

"Essa mudança vai ser boa pra gente poder mostrar mais a história das pessoas que participam do programa.  Os técnicos também terão mais tempo para se apresentar", comemora o tricampeão Michel Teló.

A segunda mudança é comemorada por outra técnica, Ivete Sangalo, justamente para tentar quebrar a sequência de vitórias de Teló. É o botão de bloqueio. "A gente pode bloquear outro técnico para que ele não pegue o candidato que a gente escolheu. Vou bloquear o Teló quando ouvir uma música sertaneja", brincou a cantora baiana na apresentação do reality à imprensa.

"Já gravamos situações bem divertidas com o bloqueio", completou o apresentador Thiago Leifert.  

Nas mãos do público 


Outra novidade é o chamado "salvamento instantâneo", que estará presente na fase da batalha dos técnicos, classificada como a "mais tensa" por Lulu Santos. Na nova estratégia, depois de Lulu, Ivete, Teló e Carlinhos Brown encolhem os times pela metade, o público permitirá, por meio de votação na internet, que um dos eliminados volte à disputa pelos R$ 500 mil e um contrato, além do gerenciamento de carreira pela Universal Music.

Querendo se aproximar ainda mais do internauta, o The Voice lançou este ano um perfil oficial no Instagram.

Antes de todas essas novidades serem anunciadas, Thiago Leifert apresentou um clipe com momentos marcantes das seis edições anteriores. Nele, Brasília relembrou a passagem de duas das muitas pratas da casa que se apresentaram ali: Dhi Ribeiro, ano passado, e Ellen Oléria, a primeira vencedora da competição. 
 
 
 

* O jornalista viajou a convite da Rede Globo

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade