Publicidade

Correio Braziliense

Quatro bandas se apresentam no Quarta dimensão a partir das 22h

Festival serve de vitrine para o trabalho de bandas independentes


postado em 11/07/2018 11:20


Os Komodo participam da edição desta quarta (11/07)( do Quarta dimensão(foto: Divulgação)
Os Komodo participam da edição desta quarta (11/07)( do Quarta dimensão (foto: Divulgação)
 
O festival Quarta dimensão ocupa o Espaço Galleria hoje, a partir das 22h desta quarta (11/07), com apresentações das bandas O Tarot, Zé Krishna & Amigos Eternos, Komodo e Toro. É a segunda edição do evento este ano e mais duas estão programadas até o final de 2018. A entrada custa R$ 10, mas carrega a proposta Quanto vale um show, já tradicional no Quarta dimensão. Quem achar que vale, pode pagar mais. Também participam da edição desta quarta (11/07) os DJs Gaivota e Mond, que serão acompanhados por projeções do VJ Aníbal. 

O projeto foi idealizado como forma de revitalizar o Conic e o Centro de Brasília com uma programação cultural mais voltada para o autoral e o independente. A intenção é que o festival sirva como vitrine da produção de Brasília e outros estados. “A ideia é que as bandas utilizem o espaço para mostrar seus novos trablahos. O Quanto vale o show? é para estimular tanto a banda quanto o público a trabalharem junto com a gente”, explica Jeny Choe, produtora cultural do festival. 

A banda O Tarot inicia turnê com show no festival(foto: Artur Dias)
A banda O Tarot inicia turnê com show no festival (foto: Artur Dias)
 
 
Jeny lembra que o espaço geralmente é utilizado como pontapé inicial de alguns projetos. A banda Tarot, por exemplo, inicia a turnê pela apresentação no Conic e a Komodo vai lançar um CD durante o festival. “Temos uma quantidade grande de bandas que querem participar do evento e que não têm espaço”, avisa Jeny. Até junho, o projeto era realizado sem patrocínio. Agora, o Quarta dimensão conta com verba do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) no valor de R%  50 mil. “Muitas das bandas que estão na ativa no cenário internacional começaram na Quarta dimensão”, garante Jeny Choe. “É um projeto que permite aos artistas validarem seus novos trabalhos para entrar no mercado.”
 
Quarta Dimensão
Nesta quarta, às 22h no Espaço Galleria (Conic, Setor de Diversões Sul Ed. Acrópole – subsolo). Entrada a partir de R$ 10 (cada um escolhe o quanto paga). Classificação indicativa: 18 anos

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade