Publicidade

Correio Braziliense

Nego do Borel beijou funkeiro em clipe lançado em 2014

Em meio a polêmica do vídeo 'Me solta', em que o carioca beija o modelo Jonathan Dobal, internautas recuperaram o clipe de 'Furducinho'


postado em 13/07/2018 10:55 / atualizado em 13/07/2018 12:46

Nego do Borel beija MC Frank no clipe 'Furducinho', lançado em 2014. (foto: YouTube/Reprodução)
Nego do Borel beija MC Frank no clipe 'Furducinho', lançado em 2014. (foto: YouTube/Reprodução)

 

 Nego do Borel tomou conta da internet na última segunda-feira (8) após o lançamento de seu novo clipe de trabalho, Me solta, no qual aparece caracterizado com roupas femininas e protagoniza um beijão com modelo Jonathan Dobal. A polêmica em torno do vídeo gerou uma série de discussões nas redes sociais, principalmente depois que uma foto do carioca ao lado do deputado Jair Bolsonaro veio à tona. No entanto, não é de hoje que o cantor dá beijo em outros homens em seus videoclipes. 

 

Desenterrado por internautas nesta quarta-feira (11), o clipe da música Furducinho, lançado em 2014, mostra Nego beijando MC Frank, um dos músicos que participam do vídeo, além de Duduzinho, K9 e Tikão, autor da música.

 

Nego do Borel também aparece com várias notas de real, mastigando, inclusive, algumas delas. Os versos ''tá pegando fogo, tá pegando fogo, chama as amigas, convoca todo mundo'' são ilustrados com imagens de uma festa na piscina de uma mansão, repleta de mulheres de biquíni e funkeiros.

 

 

A polêmica em torno de 'Me solta' tomou conta da internet em virtude das reações ao clipe. No vídeo, gravado na comunidade que carrega seu nome artístico, Nego do Borel surpreende o público e aparece de salto alto, batom, bolsa e dá um beijo em um homem, o modelo Jonathan Dobal.

 

A repercussão negativa, especialmente entre o público LGBT, gerou debates acalorados. Uns afirmam que o músico fez bonito ao representar os homossexuais em um clipe que deve atingir um público diverso. Outros o acusam de hipocrisia e oportunismo. O artista é visto como apoiador do deputado Jair Bolsonaro, com quem já apareceu em fotos e interagiu positivamente no Instagram. Mais tarde, ele esclareceu que não apoia o político. ''Esta foto foi tirada num jantar que eu estava também, a pedido do filho dele. Não costumo negar tirar fotos com ninguém'', justificou o cantor. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade