Publicidade

Correio Braziliense

Turnê de Harry Styles arrecadou mais de US$ 1,2 milhão para a caridade

Mais de 60 instituições foram beneficiadas pela doação


postado em 19/07/2018 18:20 / atualizado em 19/07/2018 18:24

(foto: ANGELA WEISS/AFP)
(foto: ANGELA WEISS/AFP)


Um grande sucesso. É assim que a primeira turnê de Harry Styles pode ser classificada com base nos números divulgados pela revista norte-americana Page Six. O jovem britânico, de apenas 24 anos, deixou a banda One Direction para uma carreira solo que lhe rendeu quase 100 shows ao redor do mundo e 10 meses de estrada para as apresentações de Harry Styles – Live on tour.

O cantor apostou alto em arrecadação para a caridade e parece ter feito diferença. De acordo com a revista, Styles doou mais de US$ 1,2 milhão para 62 instituições de caridade ao redor do mundo (a lista completa você pode conferir neste link). A arrecadação se deu por porcentagem nos ingressos, doações voluntárias e uma campanha para a venda de camisas em comunhão com o instituto GLSEN Pride.
 
A felicidade no rosto de quem acabou de arrecadar US$ 1,2 milhão para a caridade(foto: FRANCOIS LO PRESTI)
A felicidade no rosto de quem acabou de arrecadar US$ 1,2 milhão para a caridade (foto: FRANCOIS LO PRESTI)

Não para por aí


Ainda na linha solidariamente ativo, o britânico promoveu uma campanha de economia de água e plásticos em seus shows e conseguiu evitar o uso de mais de 10 mil garrafas de água por fãs e mais de 3 mil por parte da equipe. Mais de 6 mil galões de água foram poupados nas apresentações.

Melhor sozinho do que…


Harry Styles – Live on tour também conseguiu um feito que o britânico ainda não tinha alcançado com o One Direction: a marca de 1 milhão de ingressos vendidos. Nas quase 100 apresentações, 89 foram lotadas, sendo que um show na Califórnia foi vendido completamente após 29 segundos após a abertura do início das vendas. 


Futuro


Em uma mensagem de despedida da turnê, Styles comentou um pouco sobre o que fará no futuro: “Eu vou parar um pouco para escrever música e espero poder voltar para vê-los de novo muito em breve”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade