Publicidade

Correio Braziliense

Atores respondem a petição para cancelamento de nova série da Netflix

'Insatiable' estreará no próximo 10 de agosto, mas já despertou a crítica de muita gente por supostamente propagar bullying em relação a pessoas acima do peso


postado em 24/07/2018 17:50 / atualizado em 24/07/2018 17:54

(foto: Reprodução/Change.org)
(foto: Reprodução/Change.org)


Uma petição com mais de 121 mil assinaturas pede o cancelamento da série Insatiable, que estreia apenas em 10 de agosto na Netflix. O motivo é a imagem supostamente degradante que a produção passa sobre pessoas acima do peso. Os atores da produção também se envolveram na briga para defender a série.

Com o protagonismo de Debby Ryan, a polêmica em torno da produção começou em 19 de julho, quando foi divulgado o primeiro trailer da série que apresenta a vida da jovem Patty, uma garota acima do peso que sofre constrangimentos na escola e emagrece após sofrer um acidente. Agora, dentro do padrão tradicional de beleza, Patty decide se vingar de toda a comunidade acadêmica que uma vez lhe fez sofrer.


Petição

Criada pela inglesa Florence Given, uma das organizadoras do Change.org, a petição aponta graves problemas com a produção. De acordo com Florence, Insatiable ensina aos jovens meninas estereótipos de gênero danosos: “Por muito tempo, a narrativa ensinada a garotas e mulheres, é que para ser popular, ter amigos e ser desejada, até mesmo para ser humana, é necessário, antes de tudo, que se seja magra. A toxidade desta série é maior do que uma outra produção qualquer. Esse não é um caso isolado, mas faz parte de um problema muito maior, e que eu posso te prometer: muitas mulheres já sofreram na vida”.

Na série, Patty tem problemas de aceitar o próprio corpo(foto: Reprodução/YouTube)
Na série, Patty tem problemas de aceitar o próprio corpo (foto: Reprodução/YouTube)
 

“Ficar em um local que te define por conta do valor do corpo, por conta do desejo do homem. É exatamente isso o que a série ensina. Perpetua não só a toxidade de uma cultura, mas da objetificação do corpo feminino”, continua a petição. Você pode lê-la completamente aqui.

Até o momento a carta pública conta com 121.514 assinaturas, a meta é 150.000. 

Resposta

Na manhã desta terça-feira (24) foi a vez do elenco sair em defesa da série. A atriz Debby Ryan, ex-estrela da Disney, e protagonista da produção – usou o Instagram para combater o que chamou de “vozes de proteção” em longa mensagem.
 

@insatiable %uD83D%uDDA4

Uma publicação compartilhada por %uD83D%uDDA4 (@debbyryan) em


 
“Após 12 anos lutando contra os meus próprios problemas de imagem – que me levaram a terríveis lugares, que eu nunca mais quero voltar, que eu decidi deixar para trás – eu estava desenhando este programa para ir a lugares mais reais em relação a assustadora ação de encarar o mundo com o próprio corpo, seja sendo adorada, ou criticada, por ele”, desabafou a atriz, que ainda continuou: “Nós não estamos no negócio de bullying. Nós queremos virar a visão para um sistema quebrado e perigoso que equaliza magreza com trabalho”.

“Eu espero que os fãs possam aguardar e de fato assistir ao programa antes de jugar. Se você embarcar nessa jornada, eu acho que reconhecerá as coisas fraturadas sobre nossa cultura obcecada pela beleza”, conclui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade