Publicidade

Correio Braziliense

Festival Livre! lança coletânea de contos sobre liberdade

Com livros temáticos que abordam os direitos humanos, toda a arrecadação das vendas será destinada à Anistia Internacional. Conceição Evaristo é uma das escritoras dos contos


postado em 25/07/2018 15:20 / atualizado em 25/07/2018 16:01

Conceição Evaristo é uma escritora mineira que estará presente na coletânea(foto: Festival Livre/Divulgação)
Conceição Evaristo é uma escritora mineira que estará presente na coletânea (foto: Festival Livre/Divulgação)

 

O Livre! Festival Internacional de Literatura e Direitos Humanos, festival gratuito que é realizado em Brasília, marca o lançamento da coletânea Livre, organizada pela escritora Beatriz Leal. Para ter acesso ao livro é necessário fazer uma doação no valor mínimo de R$ 36, diretamente no site da Anistia Internacional. Cada doação dá direito à retirada de um exemplar da coletânea. O evento será realizado durante todo o mês de agosto, ocupando parques públicos de quatro regiões administrativas do Distrito Federal, com entrada gratuita. 

 

Sobre a coletânea

 

Com contos inéditos sobre liberdade e abordando os direitos humanos, Beatriz lembra, na introdução do livro, que a proposta é justamente repensar os significados de ser livre: "A acepção de liberdade registrada na Declaração Universal dos Direitos Humanos não pode perder força diante de comportamentos reacionários que ascendem em diversos pontos do mundo."

 

As narrativas do livro foram trabalhadas pelos escritores convidados a partir de reflexões sobre a liberdade. Os contos apresentam diferentes leituras temática, falando da desigualdade, da autonomia e do pensamento e ampliando as possibilidades interpretativas sobre o que é ser livre.

 

Autores consagrados como a mineira Conceição Evaristo e o português José Luís Peixoto comandam a lista de oito autores. A brasiliense Paulliny Gualberto Tort, semifinalista do Prêmio Oceanos de Literatura 2017, faz parte do seleto grupo. 

 

Serviço

 

Livre! Festival Internacional de Literatura e Direitos Humanos

(Taguaparque - Taguatinga). 5/8, às 14h. Mesa: (In)Visibilidades: a presença negra na prosa e na poesia brasileiras. Cristiane Sobral recebe Conceição Evaristo. A entrada é franca. 

 

Livre! Festival Internacional de Literatura e Direitos Humanos

(Parque ecológico dos jequitibás - Sobradinho). 12/8, às 14h. Mesa: Democracia em tempos sombrios: o romance como resistência. Beatriz Leal recebe Julián Fuks. A entrada é franca.

 

Livre! Festival Internacional de Literatura e Direitos Humanos

(Parque ecológico do bosque - São Sebastião). 19/8, Às 14h. Mesa: Amor entre iguais: a diversidade afetiva nas narrativas contemporâneas. Lisa Alves recebe Natália Borges Polesso. A entrada é franca.

 

Livre! Festival Internacional de Literatura e Direitos Humanos

(Parque Olhos d'Água - Plano Piloto). 26/8, Às 14h. Mesa: Da fruição à criação: a literatura como direito humano. Paulliny Gualberto Tort recebe José Luís Peixoto. A entrada é franca. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade