Publicidade

Correio Braziliense

Documentário resgata figuras esquecidas da Construção de Brasília

O longa 'Ousadia da esperança: a saga da construção de Brasília' será exibido nesta sexta (27/7) na 2ª Mostra Sesc de Cinema


postado em 27/07/2018 19:23

Personagens pouco conhecidos da construção de Brasília submergem pelas mãos do cineasta Peterson Paim, diretor do documentário Ousadia da esperança: a saga da construção de Brasília, que será exibido nesta sexta-feira, às 20h, como parte da Mostra Sesc de Brasília. 

O longa mostra Goiás como lugar que inspirou de diversas formas a construção da capital Brasileira. Uma das figuras centrais é Toniquinho, natural do estado. 

Narrador e personagem central do filme, Toniquinho foi a pessoa responsável por fazer Juscelino Kubitschek inserir Brasília em seu plano de governo. Hoje, um senhor que passa dos 90 anos, Antônio Soares Neto perguntou, em 1954, aos 29 anos, ao então candidato à presidência da república se ele colocaria em prática a mudança de capital para o Centro-Oeste. 

“Toniquinho foi esse herói que influenciou na construção de Brasília. Fez a pergunta que motivou JK colocar Brasília como meta de campanha”, conta Peterson Paim, que foi instigado por Zeca Valadares a investigar o tema. 

Outro personagem importante no filme é Goiânia, assim como seu idealizador, Pedro Ludovico Teixeira. “Ludovico foi uma inspiração para JK com a construção de Goiânia. Se não fosse Goiânia, não teria Brasília”, afirma o diretor. “São personagens que ficam escondidos e queremos frisar a importância de Goiás nessa história”, completa.

Serviço

II Mostra Sesc de Cinema
Espaço Cultural SESC Estação 504 Sul (W3 504 Sul)
Nesta sexta (27/7), às 20h.
Entrada franca.
Classificação indicativa livre.
 
*Estagiário sob supervisão de Severino Francisco 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade