Publicidade

Correio Braziliense

Justiça determina que Safadão pague 40 salários mínimos de pensão ao filho

O cantor estava brigando na Justiça com a ex-mulher Mileide


postado em 28/07/2018 15:24 / atualizado em 28/07/2018 15:28

Mileide Mihaile e Wesley Safadão com Yhudy(foto: Instagram/Reprodução)
Mileide Mihaile e Wesley Safadão com Yhudy (foto: Instagram/Reprodução)

Foram quase sete horas de audiência, que teve início às 9h da manhã de sexta-feira (27/7), sem hora para acabar. No lado de fora do local, fãs de Wesley e Mileide aguardavam o desfecho da história, que ganhou enorme repercussão nas redes sociais. Segundo a assessoria de imprensa do cantor, nos bastidores do Fórum, Wesley chamou Mileide para conversar sem a presença do advogados, para discutir valores da pensão e sugerir à ex que ele arcasse com todos os gastos do filho diretamente, sem precisar que o dinheiro nenhum seja depositado em conta.

Segundo informações divulgadas pelo Diário do Nordeste, Wesley Safadão terá que pagar 40 salários mínimos de pensão alimentícia para Yhudy, valor decidido durante a audiência de pensão de alimentos na 12ª Vara de Família do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza. Com isso, Mileide, representante legal de Yhudy, vai receber mais de R$ 38 mil por mês. Antes da audiência, Safadão pagava oficialmente 10 salários mínimos. A Justiça também determinou que o cantor deverá pagar, anualmente, uma viagem internacional para Yhudy com Mileide Mihaile, em primeira classe, que inclui babá e dez salários mínimos para as despesas.

Foi permitido a Wesley Safadão pagar a mensalidade e a matrícula do colégio de Yhudy, e desconte do valor da pensão. O restante do valor será administrada pela mãe da criança, Mileide. O cantor também pagará, sem descontar do valor da pensão, o plano de saúde e o imposto de renda de Yhudy. A Justiça determinou, ainda, que a atual esposa de Wesley Safadão, Thyane Dantas, não poderá mais buscar Yhudy na escola. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade