Publicidade

Correio Braziliense

Tribalistas seguem na estrada com turnê repleta de sucessos

Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown estão em turnê e cantam em Brasília em 1º de setembro


postado em 07/08/2018 09:08

Apresentação no Rio teve cenário de Juarez Farinon e figurinos de Rita Murtinho(foto: Leo Aversa/Divulgação)
Apresentação no Rio teve cenário de Juarez Farinon e figurinos de Rita Murtinho (foto: Leo Aversa/Divulgação)

 

Rio de Janeiro — Uma longeva e extensa parceria a seis mãos, que produziu 56 composições, reúne três renomados artistas da moderna música popular brasileira: o paulista Arnaldo Antunes, o baiano Carlinhos Brown e a carioca Marisa Monte. Vinte e oito dessas músicas estão reunidas no roteiro do show da Tribalistas Tour 2018, que estreou na Arena Fonte Nova, em Salvador, em 28 de julho, e foi visto sábado e domingo últimos na Marina da Glória, no Rio. "Meu convívio criativo e afetivo com Marisa e Carlinhos é uma das fontes mais férteis que me nutrem", destaca Arnaldo Antunes.

A turnê que, em seguida, passa por Recife (dia 10), Fortaleza (dia 11), São Paulo (dia 18), Porto Alegre (dia 24), Curitiba (dia 25), chega em Brasília em 1º de setembro. Aqui, o espetáculo será apresentada no anfiteatro do Estádio Nacional Mané Garrincha. Os ingressos estão à venda no G2 do Brasília Shopping.

São vários os fatores que fazem desse inédito encontro — em cena — um dos mais belos momentos musicais da temporada de 2018 no país. Tudo começa com as canções escolhidas para o repertório, passando pela interpretação, que é dada a elas e pelo deslumbrante cenário, resultado do desenho de luz criado por Juarez Farinon. E sem esquecer a exuberância dos figurinos, com a grife de Rita Murtinho.

No set list, obviamente, há predominância de faixas dos dois álbuns do trio, lançados em 2006 e 2017, com destaque para Carnavália, Passe em casa, Velha infância e Já sei namorar do primeiro; Um só, Fora da memória, Diáspora e Aliança, do mais recente. Há também outras compostas pelos três, mas gravadas em discos solos de Marisa, como Depois (do O que você quer saber de verdade, de 2011), Infinito particular e Universo ao meu redor dos CDs homônimos, de 2006; e Amor I love you, do Memórias, crônicas e declarações de amor, de 2000. Nos telões, imagens projetadas buscam refletir as mensagens das letras. "Dividir o palco com Carlinhos e Arnaldo é uma soma cujo resultado vai além de nós", diz Marisa Monte.

Em meio ao show, de duas horas de duração, Marisa, solista da maior parte das músicas; Arnaldo bem solto no palco; e Brown, sempre performático, cercado por uma parafernália percussiva, fazem comentários sobre temas como amizade e parceria. Dadi Carvalho (baixo), Pedro Baby (violão e guitarra), Marcelo Costa (bateria) e Pretinho da Serrinha (percussão e cavaquinho), da banda que os acompanha, são chamados de parceiros quando apresentados.

O repórter viajou a convite da produção do show 


Tribalistas: 
Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown
Dia 1° de setembro (sábado), às 21h, no Estádio Nacional Mané Garrincha (Eixo Monumental). Abertura dos portões, às 18h. Pista premium R$ 170 (meia entrada e promocional solidário com doação de um quilo de alimento não perecível); Cadeira Vip R$ 250 (meia- entrada e promocional solidário com doação de um quilo e alimento não perecível); Cadeira R$ 130 (meia- entrada e promocional solidário com doação de um quilo de alimento não perecível); Camarote R$ 250 (meia entrada e promocional solidário com doação de um quilo de alimento não perecível).

  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade