Publicidade

Correio Braziliense

Miguel Falabella aparece careca em prêmio de teatro

O ator reencontrou Marisa Orth no palco


postado em 07/08/2018 15:57 / atualizado em 07/08/2018 15:57

Falabella e Orth atuaram juntos em Sai de baixo(foto: Reprodução/Internet)
Falabella e Orth atuaram juntos em Sai de baixo (foto: Reprodução/Internet)
 
 
Lembrados por interpretar o casal Magda e Caco Antibes em Sai de baixo, produzido entre 1996 e 2002, Miguel Falabella e Marisa Orth protagonizaram um dos momentos mais emocionantes da 6ª edição do Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. O evento ocorreu na última segunda-feira (6/8), no Teatro Sérgio Cardoso (Bairro do Bixiga, São Paulo). 

Para a alegria do público, que aplaudiu entusiasticamente, Falabella e Orth se reencontraram no palco e trocaram um longo abraço. A atriz foi mestre de cerimônia do evento ao lado de Leopoldo Pacheco. 

Outra surpresa foi o visual de Falabella. Ele apareceu careca para receber o prêmio de melhor diretor. A novidade é para o papel no espetáculo Annie, o musical

Prêmio Aplauso Brasil de Teatro


A sexta edição do prêmio que celebra a dramaturgia brasileira contou com 57 indicados em 16 categorias. O prêmio especial, oferecido a personalidades que se destacaram na história do teatro brasileiro, foi para Eva Wilma, Miriam Mehler e Rosamaria Murtinho.
 
Os vencedores das 16 categorias foram eleitos por voto popular. 
 
Eva Wilma foi homenageada durante a cerimônia(foto: Reprodução/Internet)
Eva Wilma foi homenageada durante a cerimônia (foto: Reprodução/Internet)
 


Confira os vencedores:


  • Melhor iluminação - Binho Schaefer por Teresinha e Grande sertão: Veredas
  • Melhor arquitetura cênica - Camila Toledo, com colaboração de Paulo Mendes da Rocha por Grande sertão: Veredas
  • Melhor figurino - Ligia Rocha e Marco Pacheco por O som e a sílaba e Hebe, o musical 
  • Melhor trilha sonora - Fred Silveira e Dan Rosseto por Enquanto as crianças dormem 
  • Melhor direção- Miguel Falabella por O Som e a sílaba e Hebe, o musical
  • Melhor elenco- Fulaninha e Dona Coisa (Nathalia Dill, Vilma Melo e Rafael Canedo)
  • Melhor atriz coadjuvante- Miriam Jardim por A Falecida
  • Melhor ator coadjuvante- Ubiracy Paraná do Brasil por 2 Filhos de Francisco, o musical
  • Melhor atriz - Denise Fraga por A visita da velha senhora
  • Melhor ator - Beto Sargentelli por 2 filhos de Francisco, o musical
  • Melhor dramaturgia - Dan Rosseto por Enquanto as crianças dormem
  • Melhor espetáculo de grupo - Pink star Cia. por Os satyros
  • Melhor espetáculo musical - 2 filhos de Francisco, o musical, de T4F
  • Melhor espetáculo de produção independente - Enquanto as crianças dormem dirigido por Dan Rosseto; produzido por Applauzo Produções e Lugibi Produções Artísticas
  • Melhor espetáculo para público infantil ou jovem - Zepelim (ou o balão que nunca existiu) direção de Danilo Moura
  • Destaque - Projeto Doutores da Alegria


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade