Publicidade

Correio Braziliense

Novo filme de Murilo Benício discute machismo e luta de classes

"O animal cordial" representa sociedade brasileira em trama violenta


postado em 09/08/2018 07:30 / atualizado em 08/08/2018 19:27

Cena do filme O animal cordial, com Murilo Benício e Luciana Paes(foto: California Filmes/Divulgação)
Cena do filme O animal cordial, com Murilo Benício e Luciana Paes (foto: California Filmes/Divulgação)

Ao trazer um retrato social do país, a diretora Gabriela Amaral Almeida busca em O animal cordial representar a sociedade brasileira em uma trama violenta e cheia de diálogos que precisam ser discutidos urgentemente, como o machismo e a luta de classe. O filme, produzido por Rodrigo Teixeira, nome por trás de sucessos internacionais como A bruxa e Me chame pelo seu nome, estreia hoje nos cinemas.

A narrativa se passa inteiramente num restaurante de classe média comandado pelo gerente mão de ferro Inácio, interpretado por Murilo Benício. Com condições de trabalho precárias, os funcionários do estabelecimento ainda são alvos de assédio moral, em especial Djair (Irandhir Santos), que é alvo constante do chefe por ser transexual.

Os problemas pioram quando o restaurante é assaltado por Magno (Humberto Carrão) e o desafio de Inácio é ter jogo de cintura para controlar a situação, sem acionar a polícia, e lidar com os clientes que ainda estão no local: o solitário Amadeu (Ernani Moraes) e o casal rico Bruno (Jiddu Pinheiro) e Verônica (Camila Morgado).



O animal cordial 
Pode ser visto no Espaço Itaú de Cinema CasaPark, às 17h e 21h e no Cine Cultura Liberty Mall 4, às 15h40 e 20h50.  O filme não é recomendado para menores de 18 anos.



Outras estreias

•Acrimônia — Ela quer vingança

•A aparição

•Fátima — O último mistério

•Os golfinhos vão para o leste

•Megatubarão 

•Ser tão velho cerrado



•Tesnota

•Vidas à deriva

•Virgens acorrentadas

•Você nunca esteve realmente aqui

  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade