Publicidade

Correio Braziliense

Curta-metragem de alunos da UnB abre campanha de financiamento coletivo

O projeto 'Cão maior' retrata afeto e adolescência sem estereótipos


postado em 10/08/2018 18:20 / atualizado em 10/08/2018 18:25

Estudantes desenvolvem projeto com representação realista e mais próxima do público (foto: Ariane Lamarão/Divulgação)
Estudantes desenvolvem projeto com representação realista e mais próxima do público (foto: Ariane Lamarão/Divulgação)

 

Alunos de audiovisual da Universidade de Brasília abriram uma campanha de financiamento coletivo para arcar com os custos do projeto Cão maior. O curta-metragem produzido pelos estudantes busca tratar de questões que envolvem afeto, adolescência e representação LGBT sem estereótipos e de maneira realista.

 

"Queremos criar um filme que tenha todas as coisas incríveis que imaginamos para essa história. Com o dinheiro que arrecadarmos aqui, vamos poder investir ainda mais recursos no filme e transformar essa ideia em um curta-metragem que nos dê orgulho e possa ser debatido dentro de lares, escolas e em ambientes virtuais", explica a equipe no site do financiamento coletivo.

 

Os interessados em contribuírem com o projeto devem acessar o portal da Benfeitoria e selecionar alguma opção dentre as várias disponíveis. Os colaboradores têm o nome incluído nos créditos do filme e recebem outros materiais exclusivos, de acordo com o valor doado.

 

Sinopse

 

Cão maior acompanha a história de Ícaro e João pelas regiões administrativas do Distrito Federal. Eles se conhecem durantes as férias e presenciam o aparecimento de uma nova estrela no céu, que torna as noites quentes e iluminadas com uma luz vermelha. Esse fenômeno transforma as noites e as relações e os jovens acabam se apaixonando.  

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade