Publicidade

Correio Braziliense

Yvonne Strahovski, 'The handmaid's tale', odeia personagem que interpreta

Em entrevista, atriz afirmou esperar que Serena melhore na terceira temporada


postado em 17/08/2018 14:32 / atualizado em 17/08/2018 14:32

Ainda segundo a atriz, existe esperança de Serena se tornar uma pessoa melhor(foto: VALERIE MACON)
Ainda segundo a atriz, existe esperança de Serena se tornar uma pessoa melhor (foto: VALERIE MACON)


Parece que Yvonne Strahovski, intérprete da personagem Serena Waterford, na série The handmaid's tale, está ao lado da grande maioria da audiência da produção distópica do streaming da Hulu. Em entrevista ao portal The Hollywood Reporter, a atriz afirmou não reduzir as maldades de Serena.

"No final das contas, eu estou do lado da audiência, que a odeia e quer que ela (Serena) se torne uma pessoa melhor", disse Yvonne. Entretanto, concorrendo pela primeira vez a um Emmy – na categoria de melhor atriz coadjuvante em drama –, a atriz agradece pela oportunidade de dar vida a Serena: "É um papel que me permitiu mergulhar profundamente em uma vunerabilidade psicologica para quebrar toda a frieza que ela demonstrou na primeira temporada."
 
A produção concluiu o segundo ano no começo de 2018 é uma das mais bem cotadas para temporada de premiações do mesmo ano. 
 
O elenco de The handmaid's tale, no Critics choice awards 2017(foto: Frazer Harrison)
O elenco de The handmaid's tale, no Critics choice awards 2017 (foto: Frazer Harrison)
 

Enredo

A série é baseada no livro de Margaret Atwood – de mesmo título – e conta a história de uma realidade distópica em que os Estados Unidos sofreu um golpe civil e se torna uma comunidade cristã extremista. Sem direitos, as mulheres vivem a sombra dos maridos, e as que ainda estão férteis se tornam escravas sexuais.

No protagonismo, a personagem June (Elilsabeth Moss) luta para fugir da posição de subjugamento e deixar Gilead (o novo nome dos Estados Unidos). Na segunda temporada, June está mais perto do que nunca de tal objetivo, entretanto, a gravidez e a necessidade de resgatar a filha mais velha podem colocar o plano de fuga à prova. 

A personagem de Yvonne também é central para a trama, pois Serena é uma das grandes apoiadoras do novo regime que começa a duvidar de todos os preceitos – que ela própria ajudou a criar – de sustentação de Gilead.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade