Publicidade

Correio Braziliense

Grupo de música barroca faz show hoje em Brasília

Com repertório de compositoras mulheres dos séculos 17 e 18, Estúdio Barroco se apresenta no Clube do Choro


postado em 21/08/2018 07:12

O grupo Estúdio Barroco apresenta recital com repertório de compositoras dos séculos 17 e 18(foto: Emília Silberstein/Divulgação)
O grupo Estúdio Barroco apresenta recital com repertório de compositoras dos séculos 17 e 18 (foto: Emília Silberstein/Divulgação)
 
 
O Estúdio Barroco apresenta o concerto Mulheres Virtuosas hoje, no Clube do Choro, às 21h. O repertório vem do novo disco gravado pelo grupo, de mesmo nome. Composto por André Vidal (vocais), Ana Cecília Tavares (cravo), Cecília Aprigliano (viola da gamba) e Sueli Helena (flautas), a equipe está junta desde 2004, desenvolve pesquisas e se apresenta tanto em Brasília quanto em outros estados, representando a música erudita brasiliense.

O espetáculo explorará apenas compositoras mulheres de música barroca que viveram entre os séculos 17 e 18. “A pesquisa é muito mais difícil. As mulheres tinham uma atuação mínima naquela época”, reforça Cecilia, gambista do grupo “Muitas vezes elas precisavam atuar por meio de nomes anônimos”. Numa época em que poucas mulheres conseguiam ultrapassar a barreira do universo privado e se dedicar ao estudo das artes, algumas poucas puderam se apresentar publicamente. Com a pesquisa do músico André Vidal, o Estúdio Barroco foi capaz de resgatar algumas canções.

O repertório aposta na variação de timbres e varia entre a alemã Anna Amalia von Preussen, princesa da Prússia, com a Sonata em Sol Maior para flauta doce e baixo contínuo; as inglesas Mary Dering e Julie Pinel com A false design to be cruel e Roussignols vous chantez, respectivamente. A francesa Élisabeth Jacquet de la Guerre está presente com a cantata Samson e a suite para cravo: prelude, allemande, cannaries; e as italianas Antonia Bembo com Passan Veloci L’ore e Beatrice Mattei com a Sonata para viola da gamba e baixo contínuo.

Apesar de já ter transitado entre diversos gêneros mais contemporâneos, a paixão da música de Cecilia Aprigliano está no barroco. Ela toca a viola da gamba, que tem na música do período a sua base essencial. Quando questionada sobre a afinidade com um instrumento não muito popularizado, ela admite que a conexão é antiga: “Vi uma apresentação que usava a viola da gamba quando adolescente e na hora me apaixonei pelo instrumento”.

O espetáculo de lançamento do CD Mulheres Virtuosas, do quarteto, acontece hoje (21/8), no Clube do Choro de Brasília, às 21h. Os ingressos estão à venda por R$ 15 (meia-entrada) na bilheteria, aberta das 10h às 21h30, ou no site www.bilheteriadigital.com. O CD será vendido no local. Não recomendado para menores de 14 anos.

* Estagiária sob a supervisão do subeditor Severino Francisco


Concerto Damas Virtuosas
Clube do Choro (Setor de Divulgação Cultural, Bl. G, Eixo Monumental; 3224-0599) Hoje, às 21h, lançamento do CD Mulheres Virtuosas, repertório com música barroca de compositoras mulheres dos séculos XVII e XVIII. Entrada: R$ 15 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 14 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade