Publicidade

Correio Braziliense

Bandas Profissão de Urubu e Funqquestra fazem financiamento coletivo

Profissão de Urubu pretende lançar o segundo álbum da carreira, enquanto a Funqquestra quer arrecadar dinheiro para um festival. Saiba como ajudar!


postado em 21/08/2018 18:54 / atualizado em 22/08/2018 12:12

(foto: Hugo Santarem/Divulgação)
(foto: Hugo Santarem/Divulgação)

O financiamento coletivo já é uma realidade há algum tempo no meio artístico. A iniciativa é uma forma de driblar a crise e a falta de investimento na arte. Nos últimos dias, duas bandas de Brasília lançaram campanhas de financiamento. São elas: a Profissão de Urubu e a Funqquestra.

Com as 12 canções do segundo disco da carreira gravadas, a banda Profissão de Urubu busca apoio dos fãs para lançar o álbum. O objetivo é arrecadar R$ 16 mil. As doações podem ser feitas até 21 de setembro pelo Catarse e as recompensas variam de acordo com as contribuições, que vão de R$ 15 a R$ 5 mil e garantem versão digital ou física do álbum, pôster, camiseta, calendário de parede e até shows privados.



O disco em questão será chamado Na sombra. O primeiro single do álbum foi liberado na semana passada na plataformas digitais. Além disso, o projeto conta ainda com o trabalho de artistas brasilienses, que a convite da banda, desenvolveram um pôster para cada canção do CD. Veja como apoiar aqui.

(foto: Mavi Dutra/Divulgação)
(foto: Mavi Dutra/Divulgação)


Já a banda Funqquestra pretende arrecadar verba para custear a ida dos integrantes até ao evento Música Mundo, uma das principais feiras de música do Brasil, que será realizada em Belo Horizonte (MG). O grupo brasiliense foi selecionado entre os mais 400 inscritos do mundo inteiro.

Com uma campanha no site Benfeitoria, a banda busca arrecadar R$ 7.317 até 5 de setembro. As doações vão de R$ 20 a R$ 4 mil e tem recompensas como show particular, CD físico, aula e até ingresso para a festa Baile Desbocado, que será na quinta-feira (23/8), às 22h, no O'Rilley Pub (409 Sul). Quer apoiar? Clique aqui.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade