Publicidade

Correio Braziliense

Atriz Romy Schneider diz, em documentário, que a mãe fez sexo com Hitler

Entrevista, feita há 42 anos, será reproduzida pela primeira vez em documentário produzido pelo canal ARTE


postado em 27/08/2018 18:15 / atualizado em 27/08/2018 18:18

Documentário vai ao ar 36 anos após a morte de Romy(foto: Reprodução/Mega Film)
Documentário vai ao ar 36 anos após a morte de Romy (foto: Reprodução/Mega Film)
 
Em entrevista para a jornalista Alice Schwarzer, em 1976, a atriz franco-alemã Romy Schneider revelou que a mãe, Magda Schneider, teve relações sexuais com Adolf Hitler. Documentário inédito produzido pelo canal ARTE, mostrará pela primeira vez o papo conduzido por Schwarzer há 42 anos. A produção vai ao ar em 16 de setembro.

Segundo o Bild, um dos maiores jornais da Alemanhã, Romy nunca perdoou sua mãe por ter visitado o líder nazista em Obersalzberg, local onde Hitler tinha sua casa de veraneio. 

A entrevista, que nunca havia sido divulgada antes por pedido da atriz, mostra uma Romy cabisbaixa, apresentando a fragilidade da mulher que sofria de depressão, desde morte do filho de 14 anos. Anos depois morreria em consequência de uma parada cardíaca. 

Atriz austriaca foi imortalizada na trilogia sobre a Imperatriz Elisabeth 'Sissi' da Áustria, interpretada por Schnelder em Sissi (1955), Sissi, a Imperatriz (1956) e Sissi e seu destino (1957).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade