Publicidade

Correio Braziliense

Alfons Hug fala sobre produção africana nesta terça (28/08), no CCBB

Além de Hug, outros curadores conversam com o público em exposições da cidade


postado em 28/08/2018 11:52 / atualizado em 28/08/2018 13:37

"Ex Votos F.", obra de Dalton Paula (foto: Sé Galeria)

 


Com a finalidade de aumentar a experiência dos visitantes na maior exposição de arte africana contemporânea no Brasil, o curador Alfons Hug, responsável pela exposição Ex-África, e a artista Dalton Paula vão dialogar com o público sobre os desafios e critérios da montagem da exposição e sobre a produção artística e os caminhos entre Brasil e África. A palestra é hoje (28/8), às 19h, no auditório do Centro Cultural Banco do Brasil. O encontro é gratuito.

Nascido em Hochdorf, Alemanha, Hug começou sua pesquisa sobre arte contemporânea africana na década de 80, em Lagos, na Nigéria, onde dirigiu o Instituto Goethe. Acompanhou bienais importantes em diversos países africanos e foi curador da Bienal Internacional de Arte de São Paulo. Também dirigiu o Instituto Goethe no Rio de Janeiro e fala português fluente.

Dalton Paula possui obras dedicadas à herança africana na cultura brasileira. Estudou no Brazilian Quarter, um bairro na capital nigeriana que foi construído por brasileiros no final do século XIX. Seus trabalhos abordam questões que sugerem reflexões relacionadas ao medo, à efemeridade, ao individualismo e à alteridade.

Ex Africa fica em cartaz no CCBB até 21/10. A África contemporânea é destaque na mostra com esculturas, fotografias, instalações, performances, pinturas e vídeos assinados por 20 artistas.

Serviço
Palestra com Alfons Hug no CCBB
Auditório do Centro Cultural Banco do Brasil. Hoje (28/8), às 19h. Entrada franca, mediante retirada de senha, a partir de 17h, na bilheteria do CCBB.

'A soma entre as partes' exposição de André Santangelo(foto: André Santangelo)
'A soma entre as partes' exposição de André Santangelo (foto: André Santangelo)

Renata Azambuja e Carlos Ferreira discutem a obra de André Santangelo

Os curadores Renata Azambuja e Carlos Ferreira se juntam ao público para uma conversa a respeito da obra do artista visual André Santangelo, na Cervejaria Criolina, no SOF Sul. A conversa será neste sábado (1/9), às 18h, e a entrada é livre e gratuita a todos os públicos.

André Santangelo é um artista carioca morador de Brasília e sua mais recente produção artística é a série A soma entre as partes, para a qual produziu obras a partir da fusão de imagens, sempre explorando possibilidades de integrar técnicas como pintura e fotografia.

Serviço
Conversa sobre André Santangelo com Renata Azambuja e Carlos Ferreira
Cervejaria Criolina, SOF Sul Quadra 1 Conjunto B Número 6. Sábado (1/9), às 18h. Entrada gratuita. Classificação indicativa livre. Informações: (61) 99991-4747.
 
Exercício Benim - Sanagê - Exposição 'Pele e Osso'(foto: Sanagê)
Exercício Benim - Sanagê - Exposição 'Pele e Osso' (foto: Sanagê)
 
 
Sanagê e Carlos Ferreira conversam com o público sobre a mostra Pele e osso

O artista visual Sanagê e o curador Carlos Ferreira encontram o público nesta quinta (30/8) para uma conversa a respeito de Pele e osso, mostra em exibição no Museu Nacional da República. Temas como a diáspora africana, o processo criativo, as escolhas estéticas e éticasserão discutidos pela dupla. O encontro será às 18h com entrada gratuita e livre para todos os públicos.

A mostra Pele e osso é resultado de um trabalho de mais de dois anos de pesquisa em materiais, texturas e sensações. São 11 obras produzidas por Sanagê, que insere no  trabalho questões raciais e suas consequências nas sociedade contemporânea brasileira. A exposição fica em cartaz até o dia 9/9 no Piso Térreo do Museu Nacional da República, Sala 2. Visitação de terça a domingo, das 9h às 18h. 

Serviço
Conversa sobre a mostra 'Pele e osso' com Sanagê e Carlos Ferreira
Piso Térreo do Museu Nacional da República, Sala 2. Quinta (30/8), às 18h. Entrada gratuita. Classificação indicativa livre.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade