Publicidade

Correio Braziliense

Banda Feijão lança o álbum Águas do Cerrado, hoje, no Clube do Choro

Com início em 1995, a banda tinha apresentações que juntavam a música à arte circense


postado em 29/08/2018 07:30

A Banda Feijão lança o álbum Águas do Cerrado, hoje, no Clube do Choro(foto: Gean Córdova/Divulgação)
A Banda Feijão lança o álbum Águas do Cerrado, hoje, no Clube do Choro (foto: Gean Córdova/Divulgação)


Em uma declaração de amor às paisagens do Distrito Federal e Entorno, a Banda Feijão lança o álbum Águas do Cerrado, hoje, no Clube do Choro. A obra é um trabalho que apresenta referências tradicionais e contemporâneas, em que a banda busca abordar a necessidade de preservar, conservar e recuperar a natureza.

O disco é uma comemoração aos 20 anos de umas das músicas do início da carreira da banda que leva o nome do álbum. Em uma homenagem às belezas do Planalto Central, a Banda Feijão quer promover o despertar da juventude à consciência ecológica. As músicas levam nomes dos principais polos de preservação ambiental e de turismo do cerrado, como as canções Vila de São Jorge, Cavalcante e Alto Paraíso.
Mudança

Com início em 1995, quando na época se chamava O Feijão do Bandido, a banda tinha apresentações que juntavam a música à arte circense, com figurinos coloridos e brincadeiras da cultura popular tradicional, como a boneca gigante e pernas de pau. Em 2001, a banda lançou o primeiro álbum, Brasil século XXI, feijão para todos!, e, em 2006, o disco, Amor enlatado.

Após um período de pausa, a banda se reencontrou em 2013 para compor, tirou o “Bandido” do nome, e, assim, surgiu o disco Feijão Acústico, com algumas participações de músicos da cidade, numa embalagem pop de músicas inéditas, produzidas e arranjadas pelos compositores.

23 anos
Tempo de existência da Banda Feijão, que, nesse período, gravou quatro discos

Águas do Cerrado
Lançamento do novo disco da Banda Feijão. Hoje, às 21h, no Clube do Choro de Brasília. (Eixo Monumental, atrás da Torre de TV). Ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 14 anos
 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade