Publicidade

Correio Braziliense

Diretor Luciano Garagnani polemiza ao defender Harvey Weinstein

Cineasta protestou a favor de Weinstein ao usar uma camisa defendendo o produtor durante o Festival de Veneza


postado em 03/09/2018 10:41 / atualizado em 03/09/2018 10:48

Luciano Garagnani
Luciano Garagnani "protesta" a favor do produtor Harvey Weinstein (foto: AFP/Vincenzo PINTO)

 
O diretor italiano Luciano Silighini Garagnani polemizou, no Festival de Veneza, ao sair em defesa do produtor Harvey Weinstein, acusado por diversas mulheres de estupro e assédio.

O cineasta estava com uma camisa preta com a imagem do produtor e com a seguinte frase "Harvey Weinstein é inocente". Ele exibiu a camiseta aos fotógrafos no tapete vermelho do evento.

Garagnani está produzindo um filme sobre o ex-primeiro ministro italiano, Silvio Berlusconi, que será interpretado por Paolo Riva, ator que aparece em fotos apontando e sorrindo para a camiseta do cineasta.

O caso de Weinsteins é um dos maiores escândalos de Hollywood e impulsionou campanhas como a do movimento #MeToo, que combate o assédio no mundo do entretenimento.

Caso seja condenado, Weinstein pode ser sentenciado à prisão perpétua nos Estado Unidos.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade