Publicidade

Correio Braziliense

'Quando casei, sabia que não era bom pra mim', diz Marília Gabriela

A apresentadora deu a declaração durante o programa Conversa com Bial, que irá ao ar na próxima sexta-feira, (7/9)


postado em 04/09/2018 16:35 / atualizado em 04/09/2018 16:36

(foto: Eliana Rodrigues/Divulgação)
(foto: Eliana Rodrigues/Divulgação)

A apresentadora Marília Gabriela, que já foi casada com o ator Reynaldo Gianecchini, o astrólogo Zeca Cochrane e o empresário Reinaldo Haddad, falou a respeito do matrimônio em entrevista ao Conversa com Bial, que irá ao ar na próxima sexta-feira, (7/9).

Marília afirmou que o casamento não era necessariamente algo positivo: "Quando me casei, sabia que aquilo não era bom pra mim. Casei porque eu gostava demais, queria estar junto em tempo integral".

Gabi ainda contou mudanças em sua vida ao longo do tempo: "Eu virei um animal solitário, mesmo. Leio, vejo série, fico em silêncio. Meu celular não toca mais. Fui afunilando as minhas amizades frequentes, os encontros, fui ficando sozinha e descobri que o trabalho era a minha vida social. Voltar para casa era minha hora de ficar sozinha".

A jornalista também citou a morte do ator José Wilker, em abril de 2014, como um dos motivos pelos quais encerrou o De frente com Gabi, que foi ao ar pelo SBT até o início de 2015.

"Depois da morte do Wilker, conversei com o meu psicanalista na época, Contardo Calligaris, e disse a ele: 'Se eu morrer em um fim de semana, em casa, só vão me descobrir na segunda-feira à tarde por estar sempre sozinha. A não ser quando faço teatro! Ele falou 'Ótimo, vão te descobrir na própria sexta!'"

Em 2016, Marília Gabriela voltou a fazer entrevistas ao apresentar uma 'reedição' do TV Mulher no canal pago Viva, seu trabalho mais recente na TV. Atualmente, tem trabalhado no teatro, com a peça Casa de bonecas - Parte 2.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade