Publicidade

Correio Braziliense

Compositor argentino Lalo Schifrin receberá Oscar honorário

O autor do tema de 'Missão impossível' já foi indicado ao Oscar seis vezes


postado em 06/09/2018 15:25 / atualizado em 06/09/2018 15:25

O artista compôs obras para mais de 100 filmes (foto: AFP / Eric FEFERBERG)
O artista compôs obras para mais de 100 filmes (foto: AFP / Eric FEFERBERG)

 

O compositor argentino Lalo Schifrin, autor do tema de Missão impossível, receberá um Oscar honorário em novembro por uma longa carreira no cinema e na televisão, que inclui seis indicações ao prêmio da Academia.

 

Schifrin estudou música clássica e jazz na França, e começou a compor para o cinema em Buenos Aires em meados da década de 1950. O artista, de 86 anos, compôs obras para mais de 100 filmes incluindo A mesa do diabo, Perseguidor implacavel, Operação DragãoA hora do rush.

 

Suas seis indicações ao Oscar foram pelas trilhas sonoras originais dos filmes Rebeldia indomavel (1967), Apenas uma mulher (1967), A viagem dos condenados (1976), Terror em Amityville (1979), pela canção original People alone do filme A competição (1980) e pela trilha sonora adaptada de Golpe de mestre II (1983).

 

Receberão também o Oscar honorário o publicitário Marvin Levy e a atriz Cicely Tyson, de 93 anos, indicada por Sounder - Lágrimas de esperança (1973) e conhecida por outros papéis, como em Histórias cruzadas (2011) e na série How to get away with murder.

 

O casal de produtores Kathleen Kennedy e Frank Marshall vão receber o prêmio Irving G. Thalberg Memorial. O último a receber essa honraria foi Francis Ford Coppola em 2010.

 

Os prêmios serão entregues em 18 de novembro no Governors Awards, cerimônia criada em 2009, separada dos prêmios da Academia, que será em 24 de fevereiro de 2019. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade