Publicidade

Correio Braziliense

Dolores O'Riordan, da banda The Cranberries, morreu afogada

De acordo com autópsia, o afogamento foi acidental e provocado pelo excesso de álcool


postado em 06/09/2018 17:00 / atualizado em 06/09/2018 17:08

A cantora morreu em 15 de julho(foto: AFP / GUILLAUME SOUVANT)
A cantora morreu em 15 de julho (foto: AFP / GUILLAUME SOUVANT)

 
O Tribunal de Legistas de Westminster, na Inglaterra, divulgou nesta quinta-feira (6/9) o resultado da autópsia da cantora Dolores O'Riordan, da banda The Cranberries, que morreu em 15 de julho, em uma banheira de hotel. De acordo com o documento reportado pelo portal Page Six, a morte ocorreu por conta de um afogamento viabilizado pelo alto grau de alcoolismo da cantora.
 
De acordo com o documento, o afogamento foi proveniente de uma intoxicação alcoólica, e que não  existem causas suspeitas. “Não existem evidências de que haja nada além de um acidente. Não existem intenções. Isso parece ser um solitário e trágico acidente”, afirmou o Dr. Shirley Radcliffe, um dos representantes do Tribunal de Legistas de Westminster.
 
Ainda de acordo com o portal, a quantidade de álcool no corpo da cantora era de 330 mg, mais de três vezes o limite legal no país. Dolores morreu no hotel Park Lane Hilton.



 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade