Publicidade

Correio Braziliense

Morre, aos 81 anos, o cantor e compositor Wilson Moreira

O artista, que compôs diversos sucessos da música brasileira, lutava contra um câncer no rim


postado em 07/09/2018 10:52

(foto: Vivian Ribeiro/Divulgação)
(foto: Vivian Ribeiro/Divulgação)

O cantor e compositor carioca Wilson Moreira, 81 anos, morreu, na noite de quinta-feira (6/9), no Rio de Janeiro. Ele havia sido internado em um hospital para tratar problemas renais, mas não resistiu a luta contra um câncer no rim. 

O artista já tinha uma saúde debilitada. Em 1997, sofreu um derrame que o deixou parcialmente imobilizado e contou com ajuda de colegas da música, na época, para arrecadar fundos para o tratamento. Nos últimos anos, preferia se apresentar no Rio por conta da dificuldade de locomoção, mas esteve em 2015 em Brasília para apresentação ao lado da banda Filhos de Dona Maria no Clube do Choro, grupo com quem gravou a faixa Tia baiana.

Nascido em 12 de dezembro de 1936 no Rio de Janeiro, Moreira era amigo de grandes nomes do samba, como Nelson Cavaquinho, Candeia e Nelson Sargento. Ao lado de Nei Lopes, escreveu mais de 400 músicas que foram gravadas por artistas como Alcione, Beth Carvalho, Jair Rodrigues, Martinho da Vila, Dona Ivone Lara, Moacyr Luz e Elza Soares. Entre os sucessos, clássicos como Gostoso veneno, Goiabada cascão, Coisa da antiga, Candongueiro e Senhora liberdade.

Confira algumas músicas de Wilson Moreira


Tia baiana
 
 
Judia de mim
 
 
Senhora liberdade 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade